No domingo tem jazz gratuito na Sala São Paulo

Neste domingo, 13 de maio, o corpo artístico da Jazz Sinfônica faz a segunda apresentação da série 'Fronteiras', com um programa especial em menção ao dia da abolição da escravatura

  
  

Neste domingo, 13 de maio, o corpo artístico da Jazz Sinfônica faz a segunda apresentação da série "Fronteiras", com um programa especial em menção ao dia da abolição da escravatura (realizada em 13 de maio de 1888). Sob regência do maestro João Maurício Galindo, à frente da Orquesta Jazz Sinfônica há 11 anos, os espectadores irão conferir, já na abertura, uma das mais longas e famosas composições do jazzista americano Duke Ellington (1899-1974), "Black, Brown and Beige Suite". A sinfonia conta a história de dor e sofrimento dos escravos na viagem da África para a América.

O nome da série apresentada pela Jazz Sinfônica é devido a proposta de explorar as fronteiras existentes entre música popular e erudita. Para a apresentação, o grupo recebe como convidada a mezzo soprano Ednéia de Oliveira. A peça escolhida para abertura do espetáculo foi tocada poucas vezes enquanto Ellington ainda era vivo, por ter, ao contrário de suas composições, características mais formais e, por isso, ter sido considerada uma música erudita para um compositor popular.

A apresentação continua sua homenagem a Duke Ellington e deixa para o encerramento temas mais populares do compositor. A entrada é gratuita e os ingressos devem ser retirados antes do concerto.

Serviço:
Dia: 13 de maio, às 11h
Local: São Paulo
Classificação etária: 10 anos
Duração: 60 minutos
Capacidade: 1484 lugares
Ingressos: Entrada franca, com retirada de ingressos no decorrer da semana, na bilheteria da Sala São Paulo, das 10h às 18h, ou até o início do concerto

Fonte: Governo de São Paulo

  
  

Publicado por em