Palácio dos Bandeirantes: obras de arte, fauna, flora

Quem pensa que a sede do Governo Paulista é um local frequentado apenas por políticos, engana-se. Qualquer pessoa interessada pode desfrutar de uma visita bem interessante

  
  
Palácio dos Bandeirantes

Quem pensa que a sede do Governo Paulista é um local frequentado apenas por políticos, engana-se. Qualquer pessoa interessada pode desfrutar de uma visita bem interessante. Ao redor do Palácio dos Bandeirantes há um amplo jardim com quase 90 mil m2, onde se destacam os bolsões remanescentes de Mata Atlântica. O local abriga mais de duas mil espécies de plantas nativas e exóticas, como pau-brasil, ipê-amarelo, cedro-do-líbano e cerejeiras, além de 47 espécies de aves, entre elas pica-paus (amarelo e negro), quero-quero, joão-de-barro, tico-tico, alma-de-gato e o sabiá-laranjeira, a ave símbolo do Brasil. Também podem ser vistas esculturas como peças de Bruno Giorgi e Felícia Leirner, entre outros.

Nas dependências do Palácio pode ser apreciado um rico acervo artístico permanente, com obras de artistas como Aleijadinho, Portinari, Djanira Motta e Silva, Aldemir Martins, entre outros.
Durante as visitas monitoradas é possível ver ainda o Salão dos Pratos e o Salão Barroco, a Galeria dos Retratos dos governadores e a Galeria Árvores de São Paulo – Fotografi a de Valdir Cruz, com imagens procedentes de pesquisa que mapeou as espécies de árvores existentes no Estado. Atualmente está exposta A tradição do presépio em seus diferentes contextos. Na mostra, são exibidos 30 tipos de presépios de 13 países e obras sacras dos séculos 15, 16 e 17, produzidos de modo artesanal ou industrializados.

A coleção pertence à Província Franciscana da Imaculada Conceição do Brasil, fundada em 1675, e iniciada pelo Frei Estevão Ottenbreit nos anos 1980. Destaques para as coleções de arcas, oratórios, arcazes, fragmentos e pinturas da Escola Cusquenha, além da obra Maternidade, de Lasar Segall. Os visitantes terão a oportunidade de montar o seu próprio presépio.

Curadoria de Ana Cristina Carvalho, do Acervo dos Palácios. O novo prédio da residência oficial do governador está instalado no bairro do Morumbi, em São Paulo, desde 19 de abril de 1964. A denominação Bandeirantes é uma homenagem aos pioneiros que expandiram as fronteiras
brasileiras.

Palácio dos Bandeirantes
Av. Morumbi, 4.500 – São Paulo
Telefone (11) 2193-8282
Terça-feira a domingo, das 10 às 17 horas (grupos de até 10 pessoas)
Acompanhamento monitorado por educadores
Estacionamento e entrada gratuitos; e acessibilidade
Agendamento eletrônico:
www.acervo.sp.gov.br
Classificação: livre

Fonte: Governo de São Paulo

  
  

Publicado por em