Respeitável público: feliz aniversário!

Dizem por aí que as primeiras tentativas de apresentações em circo vieram da China. No Brasil, elas chegaram com companhias e famílias que vinham da Europa, por volta do século XIX

  
  
Dizem por aí que as primeiras tentativas de apresentações em circo vieram da China

Dizem por aí que as primeiras tentativas de apresentações em circo vieram da China. No Brasil, elas chegaram com companhias e famílias que vinham da Europa, por volta do século XIX. E dia 27 de marços comemoramos aqui o Dia do Circo, em homenagem ao palhaço brasileiro Piolim, – batizado como Abelardo Pinto – que nasceu no dia 27 de março de 1897.

Abelardo é considerado o pai de todos os que, de cara pintada e colarinho alto, sabem fazer o povo rir. Comandou o Circo Piolim por mais de trinta anos e era engajado em espalhar movimentos artísticos e culturais pelo país. Sempre foi preocupado em divulgar a arte como forma de expressão cultural. Foi homenageado várias vezes por ser um artista com enorme criatividade cômica e habilidade como ginasta e equilibrista.

Organizado em uma arena com assentos em seu entorno, também chamada de picadeiro, o circo é composto por uma trupe com diferentes especialidades. Há os misteriosos mágicos, os que gostam de arriscar como os malabaristas, o atirador de facas e os contorcionistas, além dos divertidos e simpáticos palhaços, que tradicionalmente os de mais sucesso entre o público.

o circo é composto por uma trupe com diferentes especialidades

A primeira escola de circo foi criada em São Paulo, em 1977. Atualmente, alguns dos mais conhecidos por aqui são: Circo Mundo Mágico de Beto Carreiro, Grande Circo Popular Brasileiro – criado pelo ator Marcos Frota, Circo Navegador, Circo di Napoli, Circo de Munique, Circo Spacial, Le Cirque. Além deles, há uma enorme variedade de academias que nos ensinam a arte circense. E a visita vale a pena, por dar a oportunidade para todas as idades de viver momentos únicos de diversão e encantamento.

Espalhados pelo Brasil existem espetáculos que comemoram o dia do circo. Em Salvador, a Aliança Francesa e o Teatro Molière recebem o espetáculo Grand Thèâtre Pão e Circo. Em São Paulo, a prefeitura organiza uma programação com palestras, debates, cursos e apresentações sobre arquitetura e cenografia circense.

Em Criciúma (SC), o Teatro do Sesc brinda seu público com a peça teatral do palhaço Clov’s. Em Uberaba, a Companhia Cidade do Circo se apresenta no Circo do Povo. E Recife comemora o dia com passeata feita pelos integrantes do Arricirco no bairro do Engenho do Meio, na Zona Oeste.

Fonte: MTur

  
  

Publicado por em