Rio Grande do Sul: um mergulho na história

A história da Região Sul é uma das mais ricas e interessantes do país. Tradições e costumes se misturam em paisagens cheias de vida e encantam todos os tipos de visitantes

  
  
Passeio de Maria-Fumaça, repleto de música e alegria

A história da Região Sul é uma das mais ricas e interessantes do país. Tradições e costumes se misturam em paisagens cheias de vida e encantam todos os tipos de visitantes. Para quem quer voltar pra casa com a bagagem cheia de cultura e lindas recordações, o Roteiro Caminho Farroupilha – Tradição e Cultura Gaúcha é uma ótima opção.

Nele, as atrações turísticas contam a história do povo gaúcho e de importantes heróis da região, como Bento Gonçalves, Gomes Jardim, General Neto e Giuseppe Garibaldi. O itinerário começa em Guaíba, onde a Casa de Gomes Jardim e o Cipreste Histórico, árvore tricentenária símbolo oficial do município, recebiam as reuniões dos líderes que organizavam os planos da Revolução Farroupilha.

Em São Lourenço do Sul, nas margens da Laguna dos Patos, a tranqüilidade e praias de areias brancas são testemunhas de grandes batalhas que ocorreram durante a revolução. Vale a pena caminhar por locais como a Fazenda do Sobrado e Casa de Ana Joaquina e fazer um passeio de barco pelo Rio São Lourenço.

Vinícola Cordelier

Já em Pelotas, a terra do charque, conhecer a produção de doces deliciosos é uma boa pedida. No município de Rio Grande, não deixe de visitar a Loja Maçônica União Constante, a mais antiga do estado. De lá, Piratini, que foi a capital da República Rio Grandense na época da revolução, reserva um agradável passeio por suas ruas e muita cultura em seu Museu Histórico. Vários outros municípios, como Caçapava do Sul, Rosário do Sul e Alegrete, são vizinhos a estes tesouros de nossa história e também possuem vários atrativos turísticos.

Fonte: MTur

  
  

Publicado por em

ISABEL

ISABEL

13/04/2012 08:08:42
Estou querendo fazer uma viagem para a Rota do Vinho. Teriam como me passar o preço?

Equipe EcoViagem

Equipe EcoViagem

Olá, Para mais informações favor entrar em contato com o Ministério do Turismo. Atenciosamente, Equipe EcoViagem