Roteiro Caminhos Reais: uma viagem no tempo

Que tal fazer uma viagem no tempo por regiões que retratam a auge do ciclo áureo brasileiro e, ainda, desfrutar quitutes da culinária típica mineira e aventurar- se em grutas e cachoeiras?

  
  
Igreja São Francisco de Paula - Ouro Preto

Que tal fazer uma viagem no tempo por regiões que retratam a auge do ciclo áureo brasileiro e, ainda, desfrutar quitutes da culinária típica mineira e aventurar- se em grutas e cachoeiras? Por meio do Roteiro Caminhos Reais, o turista vivencia a pluralidade mineira expressa na gastronomia, nas belezas naturais e na história.

Ao andar pelas ladeiras, igrejas, museus e casarios das cidades históricas mineiras de Mariana, Ouro Preto, São João Del Rei, Tiradentes e Diamantina, o turista tem um retrato do barroco brasileiro e da riqueza do Ciclo do Ouro. Os passeios de trem e de charrete e as visitas aos ateliês de santeiros, carpinteiros e artesãos são uma boa pedida. Aos amantes da boa culinária, a gastronomia da região encanta pela variedade de quitutes.

Na capital Belo Horizonte, o moderno dá o tom ao Complexo da Pampulha e ao Museu de Arte Contemporânea de Inhotim, que reúne 40 hectares de jardins e um acervo arquitetônico de relevância internacional.

Para os aventureiros, a cidade de Sete Lagoas reúne cachoeiras e o Circuito das Grutas, no qual a Gruta do Rei do Mato destaca-se pela beleza das formações calcárias.

Caminhos Reais
O Roteiro Caminhos Reais é uma oportunidade de conhecer como vivem os mineiros e entender boa parte da história do país. Diversidade cultural e histórica, belezas naturais, negócios e gastronomia fazem parte do cotidiano dessa região. O roteiro propõe ao turista vivenciar essa pluralidade mineira, a começar pela modernidade e intensa produção cultural da capital, Belo Horizonte. Em destaque: o Centro de Arte Contemporânea Inhotim – 40 hectares de jardins e extensa coleção botânica, além de um acervo artístico de relevância internacional – e o Complexo da Pampulha, projetado por Oscar Niemeyer.

As cidades históricas de Mariana, São João Del-Rey, Ouro Preto, Tiradentes e Diamantina, também Patrimônio Cultural da Humanidade, são paradas obrigatórias para quem quer conhecer o melhor do barroco brasileiro. Ladeiras, igrejas, museus e casarios guardam a riqueza do Ciclo do Ouro. Minas Gerais é famosa também por sua culinária, e o passeio propicia a degustação da variedade de quitutes que compõem as mesas mineiras.

Para os mais aventureiros, são inúmeros os destinos que incluem grutas, cachoeiras, rios e montanhas. Destaca-se a Gruta Rei do Mato, em Sete Lagoas, que encanta pela beleza das formações calcárias. Uma viagem que transpira histórica, beleza e tradição.

Fonte: MTur

  
  

Publicado por em