São Paulo ganha Roteiro do Café

Uma das curiosidades é conhecer o local próximo à rua XV de Novembro onde funcionou, em 1850, a primeira cafeteria, instalada informalmente na casa de Dona Maria Emília Vieira

  
  

Os turistas e moradores de São Paulo podem conhecer um pouco da história da cidade e sua relação com o café. O roteiro temático inédito foi criado pela São Paulo Turismo, através do projeto Turis Metrô, em parceria com o Café Moka.

A Estação da Sé é o ponto de partida. Na caminhada até a Estação São Bento, o guia explica sobre como a economia baseada na cultura cafeeira contribuiu para o desenvolvimento urbano no final do século XIX e início do século XX. Entre as atrações arquitetônicas estão os mais antigos arranha-céus da cidade, o Edifício Rolim (1920) e o Edifício Guinle (1913), da “Época de Ouro do Café”.

Uma das curiosidades é conhecer o local próximo à rua XV de Novembro onde funcionou, em 1850, a primeira cafeteria, instalada informalmente na casa de Dona Maria Emília Vieira, conhecida como Maria Punga, que servia café em xícaras importadas da França aos estudantes da Faculdade de Direito.

Nas proximidades, também se instalaram antigas cafeterias como o Galo da Sé, Café São Paulo, Girondino, Café Brasileiro e Café dos Andes. A visita segue para a mais antiga sede do Banco do Brasil na cidade. O prédio possui adornos inspirados em ramos de café. Depois, será a vez de visitar o Largo do Café, local que recebeu esse nome por concentrar uma espécie de “bolsa de valores do café”, mais tarde transferida para Santos.

Os participantes embarcam na Estação São Bento e a próxima parada será a Estação da Luz, linha de trem instalada para transportar o café produzido no interior até o porto de Santos. Nas redondezas, um ponto de parada interessante é a Vila dos Ingleses.

O local, hoje tombado como patrimônio, foi construído em 1915 para abrigar funcionários da ferrovia. Depois de uma caminhada pelo Parque da Luz para ver de perto um pé de café, os participantes embarcam na Luz e retornam à Estação da Sé para finalizar o roteiro.

O roteiro funcionará durante os finais de semana dos meses de fevereiro, março e abril, exceto nos dias 05/03 e 06/03 (Carnaval).

SERVIÇO:

Roteiro do Café

Local: Saída da Estação Sé (o ponto de encontro será próximo às catracas, onde um atendente uniformizado do Café Moka receberá os participantes)

Dias: Finais de semana de fevereiro, março (exceto Carnaval, dias 05/03 e 06/03) e abril

Horários:

- Sábados: 1 saída às 9h e 1 saída às 14h

- Domingos: 2 saídas às 9h e 2 saídas às 14h

  • Chegar ao local com 30 minutos de antecedência.

Capacidade: 30 pessoas

Duração: 2h30

Ingresso: Apresentar 1 embalagem de qualquer produto Moka. Grátis para crianças de até 6 anos.

Fonte: Evelyn Mancini/ Celso de Souza

Visite: www.revistaecotour.com.br

  
  

Publicado por em

Dudu

Dudu

19/02/2011 15:54:00
Nossa que interessante esse roteiro do café que mostra a historia e a influencia do café não só na vida dos brasileiros como na cultura, pois eu resido em uma cidade do interior de minas que produz café ha mais de cem anos...

Elizete

Elizete

17/02/2011 21:45:36
Muito interessante o roteiro! Como o café foi um marco importante para os brasileiros, cumprimento-os por mais este programa, assim como os santistas que tb. resgataram as lembranças destes valiosos grãos...