Sinfônica de SP encerra temporada na praia de Santos

Pelo sexto ano consecutivo, a Osesp faz seu último concerto da temporada na praia do Gonzaga, no próximo dia 16, às 19h30, encerrando também a 18ª edição do projeto Tocando Santos

  
  
O concerto reunirá obras de Chico Buarque e dos norte-americanos Leonard Bernstein e George Gershwin

Pelo sexto ano consecutivo, a Osesp (Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo) faz seu último concerto da temporada na praia do Gonzaga, no próximo dia 16, às 19h30, encerrando também a 18ª edição do projeto Tocando Santos. Pela primeira vez a orquestra vai se apresentar na cidade sob a regência da maestrina norte-americana Marin Alsop, com participação especial do jovem regente Yuri Azevedo.

A programação foi divulgada, no salão nobre da prefeitura, com a presença do diretor-executivo da Fundação Osesp, Marcelo Lopes; secretário-adjunto de Desenvolvimento Metropolitano do Estado, Edmur Mesquita; e do prefeito João Paulo Tavares Papa, além de representantes dos patrocinadores e parceiros - Sabesp, Sesc, Agem (Agência Metropolitana da Baixada Santista) e Sistema A Tribuna de Comunicação.

O concerto reunirá obras de três compositores: o brasileiro Chico Buarque e os norte-americanos Leonard Bernstein e George Gershwin. “O projeto Osesp itinerante tem o intuito de difundir o que fazemos na Sala São Paulo. Em Santos ocorreu a primeira experiência e com êxito, o que nos deu a certeza que precisamos espalhar isso para o máximo de público possível. A política cultural tem de ser para todos”, disse Lopes.

João Paulo Tavares Papa, prefeito de Santos, falou da importância da difusão da música clássica. “A cidade se acostumou com esse nível de qualidade. E a cultura é a melhor ferramenta de transformação social”. Edmur Mesquita lembrou que Santos sempre se destacou pela vanguarda. “O ‘Tocando Santos’ é uma das referências no Estado e já se tornou tradição. Isso faz com que a cidade assuma mais uma vez a posição de estar à frente”.

Programa
Na abertura, a Sinfônica executará a Abertura de Candide, de Leonard Bernstein, seguida da inédita Suíte Chico, um conjunto de canções de Chico Buarque – Toadas, Nina e Dura na Queda -, em arranjo para orquestra encomendado a Luiz Cláudio Ramos, músico, arranjador e compositor há mais de 30 anos. No final, o grupo musical interpreta uma seleção de peças da ópera Porgy and Bess, obra-prima de Gershwin, com clássicos como 'Summertime' e 'Bess, You is my Woman Now'.

Fonte: Prefeitura de Santos

  
  

Publicado por em