Turismo Social e Cultural contribui para o Desenvolvimento no Sertão do Cariri/CE

Município de Nova Olinda é palco de projeto que está gerando renda para famílias do Ceará

  
  

O trabalho desenvolvido pela Fundação Casa Grande – Memorial do Homem Kariri, em Nova Olinda (CE), município situado no Vale do Cariri, está mudando a vida de várias famílias da região por meio de atividades culturais. Desde 1992, a entidade oferece a crianças da comunidade aulas de música, teatro e comunicação, como a produção de vídeos, documentários, programas de rádio e de TV.

A meninada também aprende a resgatar o acervo mitológico e arqueológico dos homens pré-históricos que viveram na região. O material é catalogado e exposto no museu da Fundação Casa Grande, trabalho que virou um importante atrativo turístico. Em 2006, mais 28 mil pessoas visitaram a Casa Grande, número nove vezes maior que a população urbana do município. Atualmente, a instituição recebe cerca de três mil visitantes por mês.

Damião Aureliano Ferreira de Souza começou a participar das atividades da Fundação aos 11 anos. Hoje, com 24, é o técnico responsável pela área de turismo da fundação. Ele conta que, com o aumento da demanda, surgiu a idéia de hospedar os turistas nas residências das famílias participantes dos programas da instituição.

No início, apenas quatro famílias aceitaram a novidade, mas, com o tempo, viram uma oportunidade de renda. Hoje, Nova Olinda possui treze pousadas domiciliares. Os turistas pagam uma diária de R$ 50, que inclui café da manhã, almoço e jantar e o mais importante, a convivência com as famílias. Do valor arrecadado, 10% são destinados ao pagamento do transporte dos jovens universitários de Nova Olinda.

Para Damião, a iniciativa está proporcionando mais do que renda. Enriquecimento cultural e social está incluído no pacote, diz ele. “Imagine só, um agricultor receber um arqueólogo na sua casa, sentar na mesma mesa que ele no almoço e no jantar, conversar com aquela pessoa, mostrar a sua cidade e contar a sua história”.

De acordo com o técnico, o envolvimento da população tem gerado benefícios para o município. “As famílias passaram por uma modificação. Elas começaram a arrumar mais as casas e a participar de cursos para receber melhor os turistas. Ninguém joga mais lixo na frente de casa para que a rua fique sempre limpa. Tinha até pai que bebia e deixou de beber porque ia receber visitantes”, revela.

E ele acrescenta: “O benefício em material, em aprendizagem, a gente não consegue medir. Só conhecendo como eram as famílias e o que são hoje, depois envolvidas no programa de turismo social e solidário, é que se tem noção do quanto é importante envolver a comunidade. Nossos pais iam para a Casa Grande só para buscar a gente. Hoje, eles vão para fazer curso de computação”.

Em 2008, a Fundação Casa Grande recebeu apoio do Ministério do Turismo (MTur). O projeto Promoção do Turismo Social e Cultural de Base Comunitária no Sertão do Cariri foi um dos selecionados por meio de edital para apoio às iniciativas de Turismo de Base Comunitária (TBC). Segundo Rodrigo Ramiro, técnico de Projetos do Departamento de Qualificação Certificação e Produção Associada ao Turismo do MTur “no âmbito deste edital de chamada pública foram apresentados entre junho e julho do ano passo, mais de 500 projetos de todo o País”. Os 50 selecionados receberam recursos que variam entre R$ 100 mil e R$ 150 mil.

Ele diz que a grande marca das iniciativas de TBC é a diversidade. “Nós temos projetos em diferentes segmentos que vão desde Turismo Rural a Sol e Praia”. Ainda de acordo com Ramiro, a procura por atividades como as ofertadas pela Fundação Casa Grande tem aumentado. Portugal e Itália são exemplos de países emissores de turistas que mais demandam destinos que se organizam como Turismo de Base Comunitária.

No projeto desenvolvido pela fundação, o MTur oferece apoio à promoção e à comercialização, com atividades para atração de demanda externa. No mês de agosto deste ano foi realizado em Nova Olinda (CE), na sede da Fundação Casa Grande, o Seminário Internacional de Turismo de Base Comunitária, que reuniu representantes do Brasil e de outros países. O objetivo foi a troca de experiências e o fortalecimento do TBC.

Recentemente, representantes da Casa Grande puderam expor seus trabalhos no estande de Turismo de Base Comunitária montado pelo MTur durante a 11ª Adventure Sports Fair, realizada entre os dias 10 e 13 de setembro.

Fonte: MTur

  
  

Publicado por em