Unesco declara o ritmo Merengue como Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade

O Merengue é uma expressão cultural que faz parte da vida diária e social de todos os dominicanos

  
  

O Ministério do Turismo da República Dominicana comemora a decisão da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO) de declarar o Merengue Dominicano como Patrimônio Imaterial da Humanidade, um reconhecimento a um valor cultural que faz parte da identidade do povo dominicano. Com esta decisão, a Organização inclui o Merengue entre as tradições culturais que devem ser preservados para as gerações futuras em todo o mundo.

"Receber esta notícia é realmente uma conquista para a cultura Dominicana já que o Merengue tem sido parte de nossa identidade por mais de um século", diz René Contreras, Diretor do Escritório de Promoções Turísticas do Ministério do Turismo da República Dominicana no Brasil.

"O Merengue é um ritmo que nos identifica como país, é parte de nossas raízes. Receber esta declaração da UNESCO é uma demonstração de como nosso ritmo transcendeu fronteiras, barreiras linguísticas, e conseguiu ressoar em todos os cantos do mundo".

As influências deste ritmo único são espanholas, africanas e indígenas, e as letras vêm de histórias da vida cotidiana no país. A formação básica do Merengue é um quarteto ou como é chamado na República Dominicana, “quatro”, que é composto por: guitarra, guiro, um instrumento de percussão e um pandeiro. Em 1870, o "quatro" foi substituído pelo acordeão, saxofone, baixo e, mais tarde, o piano.

O Merengue é uma expressão cultural que faz parte da vida diária e social de todos os dominicanos e, ao longo do tempo, tornou-se também popularmente conhecido e dançado em outros países do Caribe, da América Latina, bem como ao redor do mundo.

Sinônimo de alegria, o Merengue é tocado e dançado em reuniões sociais, encontros de amigos e eventos festivos. Conquistou o mundo graças à expoentes que difundiram este ritmo por todo o mundo; entre eles estão: Joseíto Mateo, Juan Luis Guerra, Johnny Ventura, Milly Quezada, Wilfrido Vargas, Fernando Villalona, e os irmãos Los Rosario e Eddy Herrera.

Todos os anos na República Dominicana diversos festivais, shows e momentos festivos dão vida ao Merengue, é quando diferentes gerações interagem e vivenciam a experiência da dançar este ritmo único. O Festival de Merengue e Ritmos Caribenhos de Santo Domingo e Puerto Plata é realizado no início de novembro e é o mais popular e concorrido. Para os turistas, esses encontros são uma excelente oportunidade para conhecer os valores do país e viver a alegria do povo dominicano.

Com esta declaração da UNESCO como Patrimônio Imaterial da Humanidade, o Merengue consolida a República Dominicana como um destino turístico e imperdível do Caribe, caracterizado por belas paisagens e praias excepcionais, bem como uma riqueza cultural ímpar.

- Sobre a República Dominicana:

Descoberta em 1492 por Cristóvão Colombo, a República Dominicana é conhecida pela história fascinante, paisagens deslumbrantes e rica cultura que se refletem na música, na arte e nos produtos locais, como rum, cigarros, âmbar e larimar, café e chocolate.

Conhecido como o destino de golfe número um no Caribe e na América Latina, a República Dominicana tem 26 campos do esporte. Também oferece oportunidades para ecoturismo ou turismo de aventura, com muitas quedas d’água, o pico mais alto do Caribe e reservas naturais.

Os hotéis e resorts fazem dela o melhor destino para casamentos e viagens românticas. Além disso, fornece a infraestrutura perfeita para congressos e convenções. Acessível através de oito aeroportos internacional, a República Dominicana tem tudo isso.

Visite: www.revistaecotour.tur.br

  
  

Publicado por em