Zona Portuária do Rio de Janeiro tem visitas guiadas

Os concorridos passeios de jeep tiveram enorme procura na primeira edição, em 2011, vão ganhar mais um percurso em 2012: o corredor de cultura africana

  
  
Zona Portuária tem visitas guiadas, animando a rua Larga

Os concorridos passeios de jeep pelos arredores da Rua Marechal Floriano e Morro da Conceição, que fazem parte das ações do projeto Animando a Rua Larga e tiveram enorme procura na primeira edição, em 2011, vão ganhar mais um percurso em 2012: o corredor de cultura africana, localizado nas cercanias da Zona Portuária. Este novo trajeto percorrerá pontos como o Obelisco do Cais da Imperatriz, na Rua Barão de Tefé, onde será criado um monumento em homenagem aos africanos que chegaram ao Brasil nos séculos XVII e XVIII, o Centro Cultural José Bonifácio e o Instituto Pretos Novos, centro de estudos sobre os negros, localizado na Rua Pedro Ernesto.

Além deste novo roteiro, os visitantes poderão optar também pelo trajeto original, que percorre a antiga Rua Larga (atual Marechal Floriano), onde visitarão o Centro Cultural Light, o Itamaraty, o Beco das Sardinhas, e o Colégio Pedro II. O Morro da Conceição está incluído nos dois roteiros. Lá, parte do percurso será feito a pé pelo casario colonial, a Pedra do Sal, a Igreja e o Largo de São Francisco da Prainha, os bares e os bens tombados.

O ponto de partida para os dois percursos será no Centro Cultural Light, onde os visitantes participarão de oficinas de história que servirão como uma introdução ao circuito. Os passeios, gratuitos, estão acontecendo desde o dia 21. Serão dez saídas com capacidade para vinte pessoas em cada jipe da empresa Jeep Tour. As vagas, limitadas, serão preenchidas mediante inscrição prévia.

Berço e palco de acontecimentos marcantes no processo de colonização e urbanização da capital carioca, a região da Rua Larga conta com um entorno de ruas estreitas e inúmeras fachadas antigas que remetem desde o comércio de negros escravos no Valongo, no século XVIII, até importantes momentos da história política e econômica do Rio, nos séculos XIX e XX. “Ao conhecermos estes locais, faremos uma viagem ao passado, para observar detalhes que no dia a dia nos passam despercebidos. Esta região é um importante retrato do Rio Antigo, que merece ser reconhecido e divulgado”, diz a guia e historiadora Priscila Melo.

Animando a Rua Larga: o projeto, criado com o objetivo de dar continuidade ao processo de revitalização desta importante região do Rio, conta com patrocínio da Light, por meio de seu Instituto, e da Secretaria de Estado de Cultura, através da Lei Estadual de Incentivo à Cultura do Rio de Janeiro. É realizado pela Folha da Rua Larga e pelo Instituto Cultural Cidade Viva e conta com apoio do Polo da Região Portuária e do Porto Maravilha. Reúne empresários, comerciantes e moradores locais com vistas à implantação de programas e eventos que ajudarão na preservação e divulgação do patrimônio histórico e cultural da região.

Fonte: Instituto Ideias

  
  

Publicado por em