ABETA e MTUR lançam Manuais de Boas Práticas de Turismo de Aventura

10 Manuais de Boas Práticas de Turismo de Aventura servirão como base de orientação para empresários e profissionais do segmento de aventura.

  
  

10 Manuais de Boas Práticas de Turismo de Aventura servirão como base de orientação para empresários e profissionais do segmento de aventura. O material, elaborado com base nas normas técnicas de Turismo de Aventura desenvolvidas no âmbito da Associação Brasileira de Normas Técnicas – ABNT, está disponível para download gratuito no site www.aventurasegura.org.br (http://www.abeta.com.br/aventura-segura/pgn.asp?id_pg=10&nivel=2&n1id=1) na área de Download de Arquivos.

Os temas das publicações são: Gestão Empresarial; Sistema de Gestão da Segurança – ABNT – NBR 15331; Competências Mínimas do Condutor – ABNT – NBR 15285; Arvorismo; Caminhada e caminhada de longo curso; Canionismo e Cachoeirismo; Escalada; Espeleoturismo; Fora de estrada; e Rafting.

As publicações, disponíveis inicialmente apenas na versão eletrônica, traz dicas importantes sobre aspectos empresariais, técnicos, de segurança, sociais e ambientais de acordo com a temática de cada manual. O Brasil conta hoje com 24 normas técnicas publicadas no âmbito da ABNT – Associação Brasileira de Normas Técnicas e os manuais foram desenvolvidos com base nas normas já disponíveis.

Os manuais são resultados do Programa Aventura Segura, um desafio e uma oportunidade de criar referência e marcar a história do desenvolvimento do segmento de aventura no Brasil. Foram formulados a partir de ações iniciadas em Grupos de Trabalho – GTs, formados no âmbito da ABETA. Esses grupos se configuraram na primeira iniciativa de organização do conhecimento e das práticas que eram realizadas pelas empresas de Turismo de Aventura no Brasil. O conteúdo técnico organizado por tais grupos foi também a base de desenvolvimento das normas técnicas de Turismo de Aventura, elaboradas no âmbito da ABNT.

Os manuais têm como desafio avançar sobre o conteúdo das normas, fazendo uma espécie de tradução da linguagem formal que as caracteriza e trazendo, ainda, referências e informações a partir de uma abordagem de gestão empresarial do negócio Turismo de Aventura e Natureza. Essa demanda foi identificada pela carência de literatura, no país, que trate do tema empresarial relacionado à gestão do Turismo de Aventura e Natureza.

Fonte: ABETA

  
  

Publicado por em