Brasil terá Selo de Qualidade para Turismo de Aventura este ano

O termo Gestão da Segurança nos últimos anos passou a ser uma preocupação real de operadores de Turismo de Aventura no Brasil. O processo de melhores práticas tem se destacado com a criação de Normas

  
  

O termo Gestão da Segurança nos últimos anos passou a ser uma preocupação real de operadores de Turismo de Aventura no Brasil. O processo de melhores práticas tem se destacado com a criação de Normas Técnicas específicas para atividades de aventura que levarão à certificação de empresas e de condutores. Ainda no primeiro semestre deste ano, o Brasil terá um Selo de Qualidade que atestará se determinada empresa segue à risca procedimentos de segurança com base em Normas Técnicas. Este selo conta com respaldo de acreditação do INMETRO.

O Governo brasileiro, por meio do Ministério do Turismo, fez suas apostas no segmento em 2003, viabilizando um projeto que prevê a criação de 24 Normas Técnicas específicas para atividades de aventura. Visando a operação segura e responsável, o Ministério do Turismo foi além, criando o Programa Aventura Segura, uma iniciativa reconhecida internacionalmente e que conta com a participação do Sebrae Nacional – Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas e que atua desde 1972 pelo desenvolvimento sustentável das empresas de pequeno porte. O Programa vem sendo implementado desde dezembro de 2005 pela Associação Brasileira das Empresas de Turismo de Aventura – ABETA.

“A Gestão de Riscos nas operações de turismo de aventura é uma preocupação inerente para todas as empresas e profissionais que atuam neste segmento. Nos últimos anos, fatores como o amadurecimento de mercado, a crescente exigência de consumidores estrangeiros, a pressão da legislação relacionada a consumo de serviços de turismo e de empresas de seguro, estabeleceram padrões operacionais mínimos que todas as empresas devem seguir para gerir os riscos”, destaca Alvaro de Barros – Coordenador de Qualificação da ABETA.

Segundo ele, o Programa Aventura Segura tem como foco ações de qualificação e fortalecimento em 15 pólos brasileiros - localizados em 13 estados - e a conseqüência deste trabalho será a certificação. “A previsão é de que 225 empresas e aproximadamente 1,5 mil profissionais sejam avaliados para a certificação até o final de 2008. Trata-se de uma ação inovadora que engloba cursos estratégicos de qualificação presenciais e a distância, assistência técnica e consultoria às empresas e profissionais”, acrescenta.

______
Fonte: Informativo Programa Aventura Segura - JAN/07

  
  

Publicado por em