Empresas implementam Sistema de Gestão da Segurança

Cerca de 180 empresas participam de um processo inédito no segmento que trará um grande diferencial a ser oferecido aos seus clientes: um Certificado de Segurança emitido por organismos certificadores acreditados pelo INMETRO

  
  
Empresas implementam Sistema de Gestão da Segurança

Cerca de 180 empresas, distribuídas em 17 destinos turísticos do país, participam, a partir do segundo semestre de 2008, de um processo inédito no segmento que trará um grande diferencial a ser oferecido aos seus clientes: um Certificado de Segurança emitido por organismos certificadores acreditados pelo INMETRO. Estas empresas saíram na frente e aderiram a um projeto inovador, o Programa Aventura Segura, promovido pelo Ministério do Turismo, em parceria com o Sebrae Nacional, e executado pela Associação Brasileira das Empresas de Ecoturismo e Turismo de Aventura – ABETA.

As empresas participantes do Programa Aventura Segura participam do processo da Assistência Técnica, executada pela ABETA, que contempla a implementação do Sistema de Gestão da Segurança, com base na Norma Técnica ABNT NBR 15331, que servirá de referência para a Certificação de empresas de Turismo de Aventura. A Assistência Técnica é composta por ações presenciais nos destinos priorizados pelo Aventura Segura junto aos grupos de empresas e acompanhamento a distância a partir do Observatório do Turismo de Aventura (www.observatoriodaaventura.com.br).

Durante esse processo são realizadas oficinas e visitas técnicas que culminarão na avaliação da Conformidade, quando o organismo certificador visitará as empresas para verificar o atendimento aos requisitos da Norma Técnica de Sistema de Gestão da Segurança. Uma vez atendidos os requisitos, a empresa receberá o Certificado.
Segundo Alvaro Barros, coordenador de Assistência Técnica da ABETA, o processo funciona através de visitas e oficinas, o que possibilita a troca de experiências entre empresários, e a auto-avaliação feita pelas próprias empresas sobre a estrutura das suas operações de turismo de aventura, sendo essencial para que essas empresas se preparem bem para a auditoria que será realizada para receberem o Certificado de Segurança.

Ele destaca a importância da Visitas Técnicas neste processo. “Trata-se de visitas individuais de técnicos qualificados às empresas participantes, com o objetivo de acompanhar de perto a implementação dos requisitos da Norma ABNT NBR 15331, orientar e avaliar os procedimentos adotados, tirar dúvidas e indicar caminhos que otimizem o processo”, revela.

É bom que os aventureiros de plantão fiquem de olho. Atividades como cachoeirismo, canionismo, rafting, mergulho, rapel, escalada, montanhismo, vôo livre, arvorismo e cavalgadas, dentre outras, a partir da certificação dessas empresas, serão oferecidas com maior segurança e controle de qualidade.

_____
Por: abeta

  
  

Publicado por em

Fabio

Fabio

26/09/2008 20:23:12
Otimo faltava uma luz de segurança para quem pratica os esportes de aventura e eco turismo como esportes radicais
dou todo apoio a disposição para compartilhar de segurança na pratica de esportes sou técnico de segurança e também instrutor para algumas modalidades