Maior feira de esportes e turismo de aventura do Hemisfério Sul trará novidades

A sexta edição da Adventure Fair, maior feira de esportes e turismo de aventura do Hemisfério Sul, promete surpreender. Com diversas mudanças, tanto na data de sua realização, que desta vez será de 7 a 11 de agosto,quanto na área de atrações e no dia espe

  
  

A sexta edição da Adventure Fair, maior feira de esportes e turismo de aventura do Hemisfério Sul, promete surpreender. Com diversas mudanças, tanto na data de sua realização, que desta vez será de 7 a 11 de agosto,quanto na área de atrações e no dia especial para o trade, os organizadores da feira esperam atrair um público mais qualificado e ajudar o mercado de aventura.

O Adventure Congress também será realizado pela sexta vez, o Adventure Fashion volta na edição 2004 e a grande novidade para este ano é o Fórum Interamericano de Turismo Sustentável.

Em 2004, a Adventure Fair novamente será realizada no Pavilhão da Bienal do Ibirapuera. Desta vez, o dia 6 será reservado para o público especializado, imprensa e convidados. A exemplo da primeira edição da feira, em 1999, a abertura para o público visitante será em um sábado, seguindo até quarta-feira.

“Com esta mudança, esperamos uma divisão mais homogênea dos visitantes, que nos últimos anos ficaram mais concentrados no fim de semana. Devido ao sucesso no ano passado, desta vez resolvemos criar um dia especial para o trade”, explica Sérgio Bernardi, diretor da Promotrade, empresa que organiza a Adventure Fair.

Segundo ele, a antecipação da feira, que sempre aconteceu entre outubro e novembro, deve-se a uma reivindicação de boa parte do mercado, pois assim, os fabricantes de equipamentos e vestuário terão mais tempo para atender aos pedidos dos lojistas, que aumentam as vendas em outubro.

A data é boa também para os destinos turísticos, que poderão apresentar seus produtos para as agências de viagem, que podem se planejar para as viagens de fim de ano. Outro motivo para a antecipação do evento é a comemoração dos 450 anos de São Paulo, que ocupou parte do calendário do Pavilhão da Bienal.

Mudanças também acontecerão nas atrações da edição 2004 da Adventure Fair, que tradicionalmente atrai bastante gente interessada em praticar os esportes de aventura.

Parede de escalada, tirolesa, arvorismo, rapel, tanque de caiaque, rafting, mergulho e pista de bike desta vez estarão no primeiro piso do Pavilhão da Bienal e a maior parte das atividades será na vertical, no vão entre os três andares.

A pista de off road, uma das mais procuradas pelo público, será construída no piso térreo, junto ao setor de veículos e, portanto, fora do Adventure Park. Como em 2003, serão construídas este ano duas pistas para os visitantes conhecerem as novidades do mercado off road.

Outra novidade é a volta do Adventure Fashion, desfile realizado em 2002 que é uma excelente ferramenta de negócios. Nele, os fabricantes podem apresentar as novas coleções de roupas, calçados e acessórios de uma forma mais atraente, em um palco montado no centro do setor de roupas e equipamentos, com uma grande praça com cadeiras para acomodar os interessados pelas novidades.

Eventos paralelos

Junto com a Adventure Fair, acontece o Adventure Congress, que reúne diversos aventureiros que contam para o público sobre alegrias e dificuldades enfrentadas em suas aventuras. O público profissional também tem palestras específicas no congresso.

Para o trade de turismo estão sendo programadas discussões sobre novas formas de vender o turismo de aventura e as diferenças entre o turismo de aventura e o ecoturismo tradicional.

Já para os lojistas de artigos esportivos e de aventura, estão sendo preparados workshops e palestras sobre o mercado e a melhor forma de ingressar nele.

Com o aumento da preocupação com a sustentabilidade, a Adventure Fair 2004 também abrigará o Fórum Interamericano de Turismo Sustentável (FITS), que visa promover discussões e troca de experiências sobre turismo sustentável.

O FITS é uma iniciativa da Promotrade em conjunto com o Programa de Certificação de Turismo Sustentável (PCTS), o Conselho Brasileiro de Turismo Sustentável (CBTS) e a Rede de Certificação de Turismo Sustentável das Américas.

A intenção é trazer conferencistas e expositores de entidades que já tenham um trabalho de certificação em turismo sustentável, além de montar uma área de exposição para entidades nacionais e internacionais e organizações não-governamentais.

Credenciamento de imprensa antecipado

O credenciamento de imprensa para a cobertura da sexta edição da Adventure Fair pode ser feito de forma antecipada. Os pedidos devem ser encaminhados à ZDL da Comunicação por email, aos cuidados de Fábia Renata. Na solicitação, devem constar os nomes dos profissionais, com suas respectivas funções, além de nome e telefone do veículo.

Para atender a todos os veículos de imprensa, o número de credenciais é limitado da seguinte forma: emissoras de tevê terão direito a cinco credenciais, os jornais receberão três, e sites e rádios, duas cada. Necessidades acima desses números serão discutidas caso a caso.

Fonte: ZDL de Comunicação

  
  

Publicado por em