Melhores Pontos de Mergulho do Brasil: Abrolhos (BA)

Formado por cinco ilhas ao sul do litoral do estado da Bahia, Abrolhos foi a primeira região do Brasil que recebeu o título de

  
  

Formado por cinco ilhas ao sul do litoral do estado da Bahia, Abrolhos foi a primeira região do Brasil que recebeu o título de "Parque Nacional Marinho" - e é considerado um dos parques marinhos mais importantes do mundo desde 1983, data de sua inauguração.

A temperatura da água, bastante agradável o ano todo, variando entre 20 e 28ºC; a visibilidade dela, que vai de 10 a 30 metros, dependendo da localização; e as 16 espécies de corais da região, sendo seis endêmicas (exclusivas de águas baianas), como o coral-cérebro, que lembra o cérebro humano, são alguns dos aspectos positivos de Abrolhos, que atraem muitos turistas.

Possui excelente área para mergulho autônomo e livre, pois as formações de corais abrigam grande diversidade de fauna marinha. A única desvantagem é a areia, pois aqueles que têm o costume de levantar bastante suspensão levam consigo a fina areia do fundo, tornando a água "suja".

• Veja abaixo alguns pontos de mergulho de Abrolhos:

- Enseada da Ilha Santa Bárbara: um dos principais pontos de mergulho do Parque. Permite a observação de badejos e budiões que, acostumados com a presença humana, se aproximam dos mergulhadores.

- Pradaria Siriba - Redonda: localizada entre as ilhas Siriba e Redonda, é uma área rasa, de fundo arenoso, onde são encontrados cabeços de coral em profusão. Por aqui também passeiam cardumes de peixes-cirurgiões e os enormes e folgados badejos-quadrados. Olhando com atenção, dá para ver as raias manteiga e treme-treme enterradas na areia.

- Cavernas da Siriba: as cavidades no paredão da Ilha Siriba atraem vários peixes, que as utilizam como abrigo. Aqui podem ser vistos caramurus (ou mareias-verdes), peixes-frade e o colorido frade-real ou ciliaris.

- Recife de Timbebas: incluído na área do Parque, mas distante do arquipélago, o recife fica visível na maré baixa e é um ótimo ponto para mergulho livre. Peixes de todas as cores e formatos podem ser vistos no local, onde grandes leques de coral-de-fogo são encontrados.

- Rosalinda: naufrágio que foi a pique em 1939 e agora é usado como ponto turístico de mergulho.

A partir de julho, inicia-se a temporada das baleias jubarte, que migram da Antártida para águas mais quentes para terem os seus filhotes. Elas podem ser vistas de julho a novembro. Pelas ilhas, a atração fica por conta das aves que nidificam nas formações rochosas. O Parque é aberto todos os dias. Diversas embarcações oferecem passeios de um dia ou mais à unidade.

Informações:
Abrolhos: clique aqui.

Fonte: Mergulho Scuba

  
  

Publicado por em