Trilha mais perigosa do mundo será reinaugurada; Veja fotos

Eleita pelo jornal britânico 'The Telegraph' como a mais perigosa do mundo, a trilha foi construída em 1905 a pedido do rei espanhol Alfonso 13 que era fã do local. Situado a 300m de altura num desfiladeiro, 'El Caminito' já tirou a vida de 8 pessoas

  
  
A trilha foi inaugurada oficialmente em 1921, porém sua construção terminou em 1905

Em reforma desde março do ano passado, a trilha será reinaugurada neste final de semana, mais precisamente em 28 de março. Fechada oficialmente desde a morte de turistas em 2001, o local continuava sendo utilizado por corajosos e irresponsáveis que se aventuravam pelo caminho. As obras de restauração e melhorias na segurança instalaram novas ripas de madeira, além de um parapeito de vidro em alguns trechos do percurso. Com a reforma também foi colocada uma passarela com o piso 'vazado', de um quilômetro de cumprimento por um metro de largura

Com 7,7 quilômetros de extensão, a trilha foi inaugurada oficialmente em 1921 e está numa altura média de 300 metros acima do rio Gadalhorce. O caminho, que era feito sobre antigas tábuas de madeira deterioradas pela ação do tempo, também possuía trechos em que os aventureiros precisavam se equilibrar apenas sobre rochas ou barras de ferro. O perigo e a aventura andavam literalmente lado a lado em "Caminito del Rey". Agora, após a finalização da reforma apenas o medo poderá assustar os aventureiros.

Localizado na Espanha, o "Caminito del Rey" (pequeno caminho do rei, em português) foi eleito recentemente pelo jornal britânico "The Telegraph" como a trilha mais perigosa do mundo. Além de merecido, o título dá uma ideia aos corajosos aventureiros de como será o percurso.

Percorrendo um profundo cânion, o caminho atravessa vários desfiladeiros e áreas estreitas que exigem o mínimo de habilidade em escaladas. O percurso dura aproximadamente quatro horas e é classificado como de "dificuldade moderada". A trilha não possui apenas precipícios, ela também corta áreas como o "Vale da Laranja" que é uma região rodeada por árvores do fruto de mesmo nome.

Desde a inauguração da trilha, ela já foi responsável por tirar a vida de ao menos oito pessoas. As últimas três vítimas morreram juntas num trágico acidente em agosto de 2000, ao despencarem do barranco. Desde então, o governo espanhol vem estudando formas de diminuir o risco do local sem tirar o encanto do percurso.

Situada em Andaluzia, no sul da Espanha, a trilha possui este nome devido ao rei Alfonso XIII. O monarca gostava de caminhar pela região e decidiu construir um percurso para que outras pessoas também pudessem admirar a vista encantadora do local. A passarela demorou cinco anos para ser construída e foi concluída em 1905. Porém, inicialmente ela foi usada apenas para o transporte de carga entre duas usinas hidrelétricas que foram erguidas na região. A travessia só foi aberta ao público anos mais tarde.

Mapa


.
Confira fotos do "Caminito del Rey", a trilha mais perigosa do mundo

O caminho, que é feito sobre antigas tábuas de madeira deterioradas pela ação do tempo, também possui trechos em que os aventureiros precisam se equilibrar apenas sobre as rochas
Situada em Andaluzia, no sul da Espanha, a trilha possui este nome devido ao rei Alfonso XIII
Desde a inauguração da trilha, ela já foi responsável por tirar a vida de ao menos oito pessoas
Inicialmente, a trilha foi usada apenas para o transporte de carga entre duas usinas hidrelétricas que foram erguidas na região
  
  

Publicado por em