O Brasil como destino LGBT

O turismo LGBT vem crescendo 20% ao ano em todo o mundo e o Brasil quer pegar carona nesta onda

  
  

O turismo LGBT (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Transexuais, Transgêneros e Travestis) cresce 20% ao ano em todo o mundo, segundo empresas especializadas. Com o objetivo de aprimorar a atuação do Brasil na atração de turistas desse segmento, a Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo) integrou a delegação brasileira que participou da Convenção Anual da IGLTA (International Gay & Lesbian Travel Association). O evento, que aconteceu em Fort Lauderdale, nos Estados Unidos, entre 10 e 15 de maio, terá Florianópolis como sede, em abril de 2012.

Devido à escolha, o Brasil teve destaque especial no encontro e promoveu, em parceria com a Abrat GLS (Associação Brasileira de Turismo GLS), um evento exclusivo para convidar os profissionais de todos os países a visitar o Brasil e participar da convenção na capital catarinense. Além de apresentações dos destinos, foi exibido o filme da campanha publicitária “O Brasil te chama, celebre a vida aqui” e oferecidos pratos com comidas típicas da cozinha nacional.

O diretor de Produtos e Destinos da Embratur, Marco Antonio Lomanto, aproveitou a oportunidade para ressaltar a importância do segmento no turismo mundial e falar sobre as iniciativas, nas esferas pública e privada, para consolidar o país como um destino no qual o reconhecimento e o respeito à diversidade, em todos os seus aspectos, cresce a cada dia.

“Também mostramos os atrativos naturais que o país oferece”, destaca o diretor. “Além das belezas de Florianópolis, eles poderão estender o tempo de permanência e conhecer outros destinos considerados ‘gay friendly’ como São Paulo, Rio de Janeiro, Recife, Salvador

A convenção deste ano teve a participação de 460 representantes de diversas áreas do turismo, de 35 países e a delegação brasileira foi composta ainda pela Abrat GLS e integrantes de órgãos oficiais de turismo de Santa Catarina, Pernambuco, Rio de Janeiro e São Paulo, da TAM e formadores de opinião. A ILGTA fez o lançamento da campanha promocional da edição 2012, com farta distribuição de cartões-postais (com ilustrações do artista plástico catarinense Luciano Martins), e pendrives personalizados, com informações sobre o evento e os atrativos do Brasil.

Perfil do turista LGBT
Pesquisas feitas com operadoras e agências de viagens especializadas em turismo LGBT mostram que o perfil dos turistas do segmento é composto por pessoas solteiras, sem filhos e pertencentes às classes média e alta. Com isso, suas despesas mensais fixas são mais baixas e o maior poder de compra faz deles consumidores potenciais de viagens e lazer.

Ainda segundo a pesquisa, realizada em diversos eventos nacionais com demanda internacional, o mercado turístico de lésbicas, gays, bissexuais, travestis, transexuais e transgêneros é formado por pessoas na faixa entre 20 e 55 anos e com nível superior; portanto, mais bem informadas e exigentes.

Fonte: MTur

  
  

Publicado por em