Turismo brasileiro contra a homofobia

MTur quer conscientizar gestores públicos e privados para combater o preconceito e expandir o segmento

  
  

Nesta quinta-feira (17), o Dia Mundial de Combate à Homofobia recebeu apoio em diversos lugares do país. Em eventos, meios de comunicação e redes sociais, o objetivo foi a conscientização com relação ao tema. No segmento turístico, o MTur promove ações para a sensibilização e a diversidade da cadeia produtiva. Os números comprovam: o turismo LGBT está em alta.

De acordo com a International Gay e Lesbian Travel Association (IGLTA, na sigla em inglês), o mercado de viagens para gays, lésbicas e simpatizantes movimenta US$ 54 bilhões anuais.

O público representa um grande potencial para a entrada de divisas para o Brasil, já que os gastos per capta são geralmente elevados, cerca de US$100/dia. O segmento LGBT cresce 20% ao ano e os turistas gastam, em média, 30% a mais que outros visitantes.

O coordenador geral de Segmentação do Ministério do Turismo, Wilken Souto, explica que o MTur tem o desafio de melhorar a cadeia produtiva do turismo para atender este público “Nosso trabalho é sensibilizar os gestores públicos e privados para que entendam o valor cada vez maior do segmento LGBT para o desenvolvimento turístico”.

No 6º Salão do Turismo, em 2011 o MTur desenvolveu importantes ações com relação ao tema. No evento, estiveram presentes 120 agentes de turismo que foram qualificados para atendimento ao público do turismo LGBT. Os assuntos tratados foram o perfil do segmento GLS no Brasil, as tendências do setor e os principais destinos visitados.

As rodadas de negócios durante o Salão geraram uma expectativa de negócios em torno de R$ 26 milhões e 95,2% dos participantes vislumbraram possibilidade real de fechar negócios.
Saiba um pouco mais sobre o segmento LGBT.

O mercado turístico LGBT é formado, em geral, por pessoas entre 20 e 55 anos. Possuem uma renda superior à média, permanecem mais tempo nos destinos e fazem de três a quatro viagens durante o ano.

O segmento movimenta os mercados turísticos, principalmente, de países como os Estados Unidos, a França, a Itália, a Espanha e a Argentina. No Brasil, os principais destinos são: Florianópolis (SC), Salvador (BA), Recife (PE), Fortaleza (CE), Paraty (RJ), Rio de Janeiro (RJ) e São Paulo (SP).

Fonte: MTur

  
  

Publicado por em