Aventure-se pelas românticas e encantadoras cidades italianas

Seja na eclética Milão, nas gôndolas de Veneza, nos campos da Toscana ou no Vaticano, não há como não se apaixonar pela Itália.

  
  
Seja na eclética Milão, nas gôndolas de Veneza, nos campos da Toscana ou no Vaticano, não há como não se apaixonar pela Itália

Seja na eclética Milão, nas gôndolas de Veneza, nos campos da Toscana ou no Vaticano, não há como não se apaixonar pela Itália.

Milão, importante centro de negócios e da alta-costura, é o ponto de partida. De lá, a expedição segue para Verona, cidade cenário do amor de Romeu e Julieta. A próxima parada é Veneza, onde um cruzeiro de barco, entre as ilhas venezianas, revelará belíssimas paisagens. Durante a passagem por Bolonha, considerada um importante polo gastronômico e referência cultural, os turistas verão construções medievais bem preservadas e seguirão rumo a Pisa, que tem um conjunto de beleza singular na Praça dos Milagres: a Catedral, o Batistério, o Camposanto e a famosa Torre.

Em Florença, é possível ter contato com a essência do renascimento italiano. Destaque para as visitas ao Campanile de Giotto e ao Batistério, com tempo livre para passear pelo famoso mercado da Palha ou o de São Lourenço, os museus Florentinos e a Academia ou contemplar o "David" de Michelangelo e outras obras de arte.

Dirigindo-se para Siena, único modelo vivo de cidade medieval, os turistas terão a oportunidade de conhecer a Praça do Campo, a Catedral Gótica e o Palácio Público e andar por suas ruas estreitas, deliciando-se com os biscoitos típicos ou pedaços de pizza. A agitada capital italiana, Roma, também é um deleite para apaixonados por arte, história e arquitetura, pois a cada passo que se dá, tem-se a sensação de que os monumentos se multiplicam. É possível admirar o Coliseu, o Circo Máximo, o Arco de Constantino, a Praça Veneza e o Capitólio, assim como a ilha Tiberina, o bairro de Trastevere, as colinas do Aventino e a colina do Palatino. O roteiro inclui ainda visitas ao Vaticano, à Capela Sistina e à Basílica de São Pedro. Para finalizar, há uma excursão à Ilha de Capri, a “pérola do Mediterrâneo”, com tempo para passear por suas lojas, joalherias e apreciar o incrível cenário.

Fonte AD Comunicação & Marketing

  
  

Publicado por em