'Caminho da Morte', na China, é considerado uma das trilhas mais perigosas do mundo; Veja fotos

Localizada em uma montanha sagrada da China, a trilha é uma das atrações turísticas mais famosas e perigosas do país. Estima-se que por ano morram mais de 100 pessoas tentando realizá-la

  
  
O percurso é de aproximadamente 6 quilômetros envolvendo escadas íngremes e esculpidas nas próprias pedras, pequenas trilhas de madeira e pontes assustadoras em precipícios

Localizada no Monte Huashan, a trilha é mundialmente conhecida como “Caminho da Morte”. O percurso até o pico da montanha onde se encontra um famoso Templo Taoísta construído no século 2 A.C. é repleto de subidas totalmente verticais e trajetos altamente perigosos. Toda esta adrenalina atrai visitantes em busca de uma bela vista, paz interior e muita aventura. O “Caminho da Morte” fica a 120 quilômetros da cidade de Xi’an na província de Shaanxi (China).

Situado no cume do penhasco a mais de 2 mil metros de altura, o templo atrai peregrinos de diferentes localidades e é famoso por servir um dos melhores chás da China. O Monte Huashan faz parte das cinco montanhas sagradas do país e sua trilha foi construída por monges alpinistas há séculos para ser usada como refúgio por budistas, eremitas e taoístas.

Chegando ao cume do monte é possível admirar a esplêndida paisagem que o monte oferece

Para iniciar e concluir a trilha com sucesso é fundamental que o turista seja muito corajoso e que não tenha medo de altura. O percurso é de aproximadamente seis quilômetros do sopé da trilha ao pico do monte e a subida envolve escadas íngremes e esculpidas nas pedras da montanha. Além de pequenas trilhas de madeira e pontes assustadoras em precipícios.

A trilha se inicia com uma longa escadaria e à medida que se aproxima do cume do penhasco, o caminho vai se dificultando cada vez mais. Após passar por alguns templos, o peregrino pegará uma gôndola que o leva até a parte sul da montanha e a trilha começa se tornar realmente assustadora. Nesta nova etapa do trajeto o aventureiro terá de se agarrar em correntes presas à montanha e se equilibrar em finas tábuas de madeira, sendo que qualquer descuido poderá lhe custar a vida. É importante ressaltar que para realizar a trilha não é obrigatório o uso de equipamentos de segurança, porém é aconselhável e encorajado pelos guias locais. Estima-se que cerca de 100 turistas morrem anualmente tentando fazer o percurso.

Para curtir esta vista paradisíaca existe um preço a se pagar. Na baixa temporada entre dezembro e fevereiro custa CNY 60 (cerca de R$ 22,50) e na alta temporada, entre março e novembro o preço dobra para CNY 120 (cerca de R$ 45).

Chegando ao cume do monte é possível admirar a esplêndida paisagem que ele oferece aos aventureiros, além da singularidade de um templo construído em cima de um penhasco com mais de 2 mil metros de altura. Com uma visão paradisíaca, o local é uma das atrações mais populares e arrepiantes da China.

Confira fotos do "Caminho da Morte"

A trilha é mundialmente conhecida como “Caminho da Morte”
O percurso até o pico do monte onde se encontra um Templo Taoísta é repleto de subidas totalmente verticais e trajetos altamente perigosos
Estima-se que cerca de 100 turistas morrem anualmente durante o percurso da trilha
Para conseguir fazer a trilha é necessário que o turista seja corajoso e que não tenha medo de altura
Após passar por alguns templos, o peregrino pegará uma gôndola que o leva até a parte sul da montanha e a trilha começa se tornar realmente assustadora
Localizada no Monte Huashan, na China, a trilha é mundialmente conhecida como “Caminho da Morte”
O Monte Huashan faz parte das 5 montanhas sagradas do país e sua trilha foi construída por monges alpinistas
A trilha se inicia com a longa escadaria e à medida que se aproxima do cume do penhasco, o caminho vai se dificultando cada vez mais
O
  
  

Publicado por em