Conheça a vila grega de 1,3 mil anos que fica escondida atrás de uma rocha; Veja fotos

Localizada na idílica região do Peloponeso, a vila de Monemvasia fica isolada atrás de uma enorme costa rochosa numa ilhota. Com uma história milenar, o local é famoso por ficar escondido do mundo

  
  
A primeira construção da ilha, que data de 583, foi uma fortaleza para defender a região de ataques inimigos, mas com o tempo um hospital de isolamento também foi erguido na localidade

A região do Mediterrâneo nunca se cansa de surpreender com sua beleza ímpar e incríveis construções. A cidade de Monemvasia, no Peloponeso, é um destes lugares que surpreendem até os turistas mais viajados. Construída 'escondida' dentro de uma pequena ilhota de pedra, a vila datada do século VI já foi um dos mais importantes portos comerciais do mundo, na época do Império Bizantino. Devido a sua posição estratégica, de 'costas' para o mar Egeu, a ilha resistiu durante mais de 1,3 mil anos aos ataques de outras nações. Com pouco mais de 300 metros de largura e 950 metros de comprimento, o local possui cerca de 1.400 sortudos moradores.

Fazer a limonada do limão. Este velho ditado não é grego, mas foi isso que eles fizeram em Monemvasia. Se uma enorme rocha era o problema, eles a transformaram na solução. A pedra passou a ser uma proteção natural e ainda serviu de estrutura para as casas e a muralha que cerca a vila. A primeira construção da ilha, que data de 583, foi uma fortaleza para defender a região de ataques inimigos, mas com o tempo um hospital de isolamento também foi erguido na localidade.

Escondida do mundo, Monemvasia viveu seu apogeu durante os impérios otomanos e bizantinos quando foi considerado um dos principais centros comerciais do mundo. O melancólico final da vila ocorreu no século XIX quando a região perdeu força econômica com o enfraquecimento do Império Otomano e seu posterior fim após a 1ª Guerra Mundial. Apenas na década de 1970, a ilha voltou a ser 'descoberta', mas desta vez por turistas que a transformaram num dos mais tradicionais balneários do Mediterrâneo.

Belezas mediterrâneas
A região do Mar Mediterrâneo é uma velha conhecida dos amantes do turismo e famosa pelas cidades milenares como Tropea e Setenil de las Bodegas. Se a construção em regiões de difícil acesso e em áreas rochosas fazem destas localidades parecidas, suas semelhanças terminam por aí. Tropea possui mais de 3 mil anos de idade e foi erguida na região da Calábria, na Itália. Uma lenda local afirma que devido a sua beleza idílica, a vila foi um 'troféu' que Hércules fundou após seus 12 trabalhos.

Já a cidade de Setenil de las Bodegas, que está localizada na Espanha, ganhou notoriedade mundial por ter sido construída sob uma enorme rocha. Erguida pelos romanos embaixo de uma pedra de 350 milhões de ano, a vila possui 3 mil habitantes.

Mapa


.
Confira as fotos da idílica vila de Monemvasia, na Grécia

A cidade de Monemvasia, no Peloponeso, é um destes lugares que surpreendem até os turistas mais viajados
Se uma enorme rocha era o problema, eles a transformaram na solução. A pedra passou a ser uma proteção natural e ainda serviu de estrutura para as casas e a muralha que cerca a vila
Com pouco mais de 300 metros de largura e 950 metros de comprimento, o local possui cerca de 1.400 sortudos moradores
Escondida do mundo, Monemvasia viveu seu apogeu durante os impérios otomanos e bizantinos quando foi considerado um dos principais centros comerciais do mundo
  
  

Publicado por em