Conheça as 10 melhores cidades do mundo para se viver

Quais são as melhores cidades do mundo para se viver atualmente? Os estudos a respeito do tema são realizados com frequência por diversas instituições de todo o mundo, que levam em conta critérios variados

  
  

Quais são as melhores cidades do mundo para se viver atualmente? Os estudos a respeito do tema são realizados com frequência por diversas instituições de todo o mundo, que levam em conta critérios variados. O mais recente foi divulgado no sábado, 8 de dezembro, pela empresa de consultoria Mercer.

O ranking, realizado pelo segundo ano consecutivo, foi desenvolvido com base em cinco categorias: estabilidade política, serviços bancários, escolas, restaurantes e desastres naturais.

Entre as dez cidades que lideram a lista (221 foram analisadas, ao todo), sete estão na Áustria, Alemanha ou Suíça, o que torna a Europa como a região com melhor qualidade de vida do mundo, segundo a análise. Brasília, Rio de Janeiro e São Paulo são os municípios brasileiros melhores colocados, contudo, não figuram nem entre os 100 primeiros do ranking. Listamos os 10 melhores do levantamento da Mercer:

1-VIENA (ÁUSTRIA)

Cortada pelo Rio Danúbio, a capital da Áustria é habitada por 1,7 milhão de habitantes, que orgulham-se de vê-la no topo da lista. Importante reduto da música erudita o centro urbano também é conhecido por seus inúmeros palácios.

2-ZURIQUE (SUÍÇA)

Mesmo com um dos maiores custos de vida do mundo, a capital econômica da Suíça, famosa pelos bancos, é considerada a segunda cidade com a melhor qualidade de vida do mundo. Localizado ao norte do país, o município tem 370 mil habitantes.

3-GENEBRA (SUÍÇA)

Segunda maior cidade da Suíça, com 185 mil habitantes, Genebra ostenta um transporte público de qualidade e também é conhecida pelo título de "A Capital da Paz", em razão de abrigar diversos organismos humanitários das Nações Unidas.

4-VANCOUVER (CANADÁ)

A diversidade cultural marca Vancouver, a primeira cidade não-europeia do ranking da Mercer. Dos cerca de 578 mil habitantes, mais da metade (52%) não têm o inglês como língua oficial. Situada em uma região litorânea da costa do Pacífico, a metrópole sediou os Jogos Olímpicos de Inverno em 2012.

5-AUCKLAND (NOVA ZELÂNDIA)

Tecnicamente empatada com Vancouver na quarta colocação, Auckland possui vários aspectos positivos. Um deles é seu clima, que é considerado ameno. Além disso, a cidade de 1,4 milhão de habitantes tem abundância de empregos e oportunidades educativas, bem como numerosas instalações de lazer.

6-DUSSELDORF (ALEMANHA)

Primeira cidade alemã da lista, Dusseldorf é altamente industrializada, segundo maior centro financeiro do país e também um dos maiores de telecomunicações.

7-FRANKFURT (ALEMANHA)

Maior centro financeiro da Alemanha e segundo maior da Europa, atrás apenas de Londres, Frankfurt é habitada por 670 mil pessoas. A cidade tem mais de 60 museus e galerias de exposições, além de ser uma das sedes da Biblioteca Nacional da Alemanha. O transporte do município conta com metrô e trem.

8-MUNIQUE (ALEMANHA)

Habitada por 1,4 milhão de pessoas, Munique divide a sétima colocação com Frankfurt. Conhecida por abrigar, anualmente, a Oktoberfest e a sede da BMW, a cidade detém inúmeras empresas de ponta, teatros, museus e universidades.

9-BERNA (SUÍÇA)

O Centro Histórico de Berna, cidade suíça de 130 mil habitantes, é tombado pela Unesco como patrimônio da humanidade. O município é conhecido por suas famosas construções do tempo medieval.

10 - SYDNEY (AUSTRÁLIA)

Cidade mais populosa da Austrália, com 4,5 milhões de habitantes, a moderna Sydney aproveita bem seu potencial turístico. O centro urbano é considerado um dos dos mais multiculturais do mundo e é rodeado por parques nacionais, baías, rios e enseadas. Contudo, o custo de vida por lá assusta.

Fonte: EcoD

  
  

Publicado por em