Foco no Japão

Países do Mercosul discutem retomada do crescimento turístico no mercado japonês

  
  
Foz do Iguaçu, Rio de Janeiro e Manaus são os lugares mais procurados pelos japoneses

A promoção turística do Mercosul no Japão foi um dos principais assuntos tratados na IX Reunião de Ministros de Estado de Turismo do Mercosul – RMTur, ontem (17) em Assunção, no Paraguai. O impacto causado pelo tsunami em 11 de março provocou uma forte queda no fluxo de turistas japoneses no bloco sul-americano. Os países membros querem integrar esforços para reverter esse quadro em curto prazo.

No primeiro trimestre de 2011, houve um decréscimo de 21% nos pacotes vendidos dentro do mercado japonês para o Mercosul. Os indicadores estavam em alta: de 2007 a 2010, tinham subido 54%. Para o Brasil, foram 249 pacotes vendidos em 2010. Os lugares mais procurados pelos japoneses são Foz do Iguaçu, Rio de Janeiro eManaus. Um novo destino começa a ganhar espaço: os Lençóis Maranhenses, que saltaram de 16 produtos oferecidos pelas agências de viagens no Japão em 2009 para 28 em 2010.

O Japão é um mercado importante para o Brasil e o Mercosul. Cerca de 60 mil turistas visitaram o país em 2010, marca expressiva quando comparada com os registros dos países vizinhos. O Mercosul, ao todo, registrou a entrada de 85 mil japoneses em 2010. “Temos um grande trabalho pela frente de reconstrução do fluxo turístico com o Japão. O momento é de fazermos uma integração de ações de promoção e de produtos dentro do Mercosul para baixarmos custos e retomarmos este crescimento”, explicou Laércio Branco, diretor do Escritório de Promoção Turística do Mercosul no Japão.

Fonte: MTur

  
  

Publicado por em