Parque chinês construirá réplica do Titanic para simular naufrágio

O projeto do Parque Temático juntamente com a réplica do navio está avaliado em R$ 400 milhões. Além dos mínimos detalhes, o navio irá simular um naufrágio para mostrar aos turistas como foram os últimos instantes do Titanic

  
  
O navio ficará ancorado num rio que passa pelo parque e utilizará o sistema '6D' para simular o naufrágio

O mítico transatlântico Titanic terá uma réplica em tamanho real construída num parque chinês. Além dos mínimos detalhes, o navio irá simular um naufrágio para mostrar aos turistas como foi cada segundo do mais famoso e fatal desastre marítimo da história.

O projeto do Parque Temático juntamente com o navio está avaliado em R$ 400 milhões. O local escolhido para a construção da réplica do Titanic foi a região rural de Daying, na província de Sichuan. A ideia do governo chinês é atrair visitantes para a localidade e criar uma nova zona turística no país.

O navio ficará ancorado num rio que passa pelo parque e utilizará o sistema '6D' para simular o naufrágio. Os turistas irão ver, ouvir e sentir cada momento do acidente, como por exemplo quando a água começar a invadir os decks da embarcação. A ideia é inserir os visitantes no derradeiro momento do Titanic.

Reprodução de como será o Parque Temático chinês com a réplica em tamanho real do navio

A réplica será construída baseada no irmão gêmeo do Titanic, o 'Olympic' e dentro dela haverá um museu contando a história dos principais naufrágios do mundo com destaque para o acidente que vitimou a embarcação. Do lado de fora será construído um parque de diversão temático.

Para a réplica ficar idêntica a original, a embarcação será construída pelo maior estaleiro da China. A montagem da gigantesca estrutura levará dois anos para ficar pronta e terá 269 metros de comprimento por 28 metros de largura. A altura será de 53 metros. Todos estes números são idênticos aos do navio original.

A montagem da gigantesca estrutura levará dois anos para ficar pronta

Titanic
Considerado como 'inafundável' por seus construtores segundo um panfleto publicitário da época, o Titanic se chocou com um iceberg na noite do dia 14 de abril de 1912. O navio ia de Southampton (Inglaterra) para Nova York (EUA) e não resistiu ao choque.

A maior parte dos passageiros sobreviveu ao naufrágio, porém não resistiram ao frio. Na noite do acidente a temperatura estava cerca de -2°C nas águas do Atlântico Norte. Das 2240 pessoas que estavam a bordo, cerca de 1500 morreram no maior desastre naval de todos os tempos.

Por Dennys Marcel

  
  

Publicado por em

Nelson

Nelson

09/06/2014 12:00:13
Levando-se em conta o potencial econômico chinês, a determinação, a auto disciplina deste povo, com certeza o projeto será um sucesso.