Projeto astronômico no Atacama investigará a origem do universo

O deserto é o mais árido do planeta e possui belezas naturais que permitem ao visitante desfrutar de momentos de aventura e lazer

  
  
O complexo “Alma” será instalado em uma região de mais de cinco mil metros de altitude

Um megaprojeto, fruto da parceria de países europeus, americanos e asiáticos, está instalando em San Pedro de Atacama, ao norte do Chile, um observatório espacial de alto padrão a fim de estudar e conhecer o universo, a origem dos corpos celestes, as estrelas e a formação das galáxias.

“Alma” (do inglês, Atacama Large Millimeter/submillimeter Array) é um projeto de astronomia que busca captar ondas de rádio e luz do universo por meio de 66 antenas de rádio e que contará, até 2012, com 54 radiotelescópios.

As antenas terão de sete a 12 metros de diâmetro e poderão ser movimentadas e distanciadas umas das outras em até 16 quilômetros, proporcionando um poderoso “zoom” variável.

Acredita-se que seja possível encontrar no espaço vestígios (ondas de som e luz) do Big Bang, explosão que teria dado início ao universo há mais de 13 bilhões de anos. Com as informações obtidas desses resquícios, as pesquisas sobre a origem da vida avançariam a níveis inimagináveis.

Nas alturas de Llano de Chajnantor, na Cordilheira dos Andes, no Chile, o Observatório Europeu Austral (ESO) é o responsável pela construção do gigantesco empreendimento. A entidade é patrocinada por 14 países europeus, pelos Estados Unidos e Japão.

O complexo “Alma” será instalado em uma região de mais de cinco mil metros de altitude, pois segundo estudos, os lugares altos e secos propiciam melhores condições de observação.

Acredita-se que o telescópio terá visão até dez vezes mais precisa do que a do Hubble, a primeira missão da NASA pertencente aos Grandes Observatórios Espaciais.

O observatório do Alma decifrará comprimentos de ondas de luz desde seu brilho em nuvens frias no espaço. O telescópio ainda se destaca por investigar o universo a comprimentos de onda milimétricos e submilimétricos com precisão e resolução sem precedentes.

O deserto do Atacama é o mais árido do planeta e possui belezas naturais que permitem ao visitante desfrutar de momentos de aventura, descanso e lazer. Rodeado pela Cordilheira dos Andes, vulcões e salares, o deserto é sedutor.

Para aproveitar os encantos da região e desvendar seus segredos astronômicos, o Tierra Atacama Hotel & Spa é o destino perfeito. O hotel oferece aos seus hóspedes excursões no deserto, confortáveis cômodos, alta gastronomia e um delicioso spa.

Mais informações: www.tierraatacama.com

Fonte: AD Comunicação

Visite:www.revistaecotour.com.br

  
  

Publicado por em