Projeto certificou 175 praias de Portugal como aptas aos portadores de necessidades especiais

De todas as praias certificadas, 95 dispõem das chamadas cadeiras anfíbios, com as quais é possível entrar na água.

  
  

Em 2011, o projeto "Praia Acessível – Praia para Todos" certificou 175 praias portuguesas como aptas aos portadores de necessidades especiais. Do total, 153 localizam-se no continente, 8 na região da Ilha Madeira e 14 em Açores.

De todas as praias certificadas, 95 dispõem das chamadas cadeiras anfíbios, com as quais é possível entrar na água. No ano passado, 158 praias haviam recebido a certificação.

O projeto iniciou-se em 2004, fruto de parceria entre o Instituto Nacional para a Reabilitação, o Instituto da Água, o Turismo de Portugal e o Instituto do Emprego e Formação Profissional. Seu objetivo principal é dotar as zonas balneárias de um conjunto de requisitos que permitam o seu uso por todas as pessoas, independentemente da idade e das dificuldades de locomoção ou de mobilidade. No primeiro ano, 50 praias foram certificadas. Com isso, até este ano o aumento foi superior a 200%.

Para uma praia ser considerada acessível é preciso ter acesso fácil para os pedestres; estacionamento especial para veículos a serviço das pessoas com deficiência; acesso à área de banho por rampa ou com recursos mecânicos, passarela na areia, sanitários e posto de socorros acessíveis, além de salva-vidas. Embora não seja obrigatório, são bem vistos os locais com cadeiras para banho (anfíbio) e acesso a bares e restaurantes.

Visite: www.revistaecotour.com.br
Fonte: Marina Miranda

  
  

Publicado por em