Saidia: a nova pérola do Mediterrâneo

Jóia mediterrânea, junto à fronteira com a Argélia, Saidia é uma estância balnear num ambiente preservado

  
  
É a última cidade marroquina na costa mediterrânea

Jóia mediterrânea, junto à fronteira com a Argélia, Saidia é uma estância balnear num ambiente preservado, com os ingredientes certos para agradar tanto aos amantes da praia e da boa vida como aos que procuram o ecoturismo.

É a última cidade marroquina na costa mediterrânea. Situada no extremo norte da fértil planície de Triffa, numa zona arborizada, Saidia foi, até há pouco tempo, uma estância turística reservada a nacionais pelo seu difícil acesso. Nos últimos anos, porém, tem conquistado um espaço notável no mapa do turismo internacional, dada a proximidade do aeroporto e de um melhor acesso rodoviário.

A grande atração é, sem dúvida, o novo resort de última geração, o Mediterrania Saidia, luxuoso e dirigido a um público top, junto a uma praia de sete quilómetros e que conta, entre outras mordomias, com vários hotéis e um total de 2500 residências, entre chalés e villas.

Localizado a menos de quarenta minutos do Aeroporto Internacional de Oujda, e a menos de duas horas de várias capitais europeias, este novo e moderno complexo hoteleiro contempla ainda outros predicados, que passam por atividades de lazer como um centro comercial, spas ou três campos de golfe com 18 buracos.

Arriscamo-nos a dizer que o seu verdadeiro trunfo, aquilo que realmente o distingue, é a marina de oitocentos lugares, equipada com um estaleiro de reparação de navios, uma escola de vela, bem como um pitoresco Museu do Mar.

Fonte: Destinos de Viagem

  
  

Publicado por em