Veja como viajar pela Europa gastando pouco

Deixar de ter subsídio de férias ou dispor de um orçamento limitado não são sinónimos de não ter férias

  
  

Deixar de ter subsídio de férias ou dispor de um orçamento limitado não são sinónimos de não ter férias. Há várias hipóteses para continuar a viajar e a divertir-se:

Troque de casa – Ficar num apartamento equipado a um custo de 0 (zero) Euros, em Paris, é possível. No site www.trocacasa.com encontra todas as explicações. A inscrição e uma mensalidade de 2,5 Euros dão direito a um número de trocas ilimitado. Escolha o destino, veja as ofertas disponíveis e reserve. O apartamento parisiense ou a cottage em Inglaterra são seus.

Arrendamento a preços competitivos – Redes como a Air BnB (www.airbnb.com), que propõe arrendamento de todo o tipo de tipologias (apartamentos, castelos, barcos, quartos), são uma boa opção. Funcionam de modo similar à troca de casa e os preços, a dimensão e o tipo de alojamento são variados.

Campismo e ecoturismo – A Quinta do Pomarinho (www.pomarinho.com/pt/), em Castelo de Vide, ou o Zmar – Eco Camping Resort (www.zmar.eu), na Zambujeira do Mar, são boas opções. Junto à barragem de Odivelas, no complexo turístico Markádia, o campismo está inserido num parque natural privado onde pode aproveitar a barragem.

B&B – O site www.pureportugalholidays.com sugere várias hipóteses, de norte a sul, entre turismo rural, campismo, B&B, low Cost, ecológico, numa escolha que abrange todas as bolsas. Um exemplo é o Domínio Vale do Mondego, cujas ofertas vão do alojamento nas casas recuperadas de quinta a cabanas e campismo no parque natural da serra da Estrela.

Seja um eterno jovem – As pousadas da Juventude estão abertas a todas as idades e dispõem de quartos duplos (com e sem wc), familiares e apartamentos, e camaratas de quatro a seis camas. Único requisito: ser titular do Cartão de Alberguista, que pode ser adquirido no local. A estada inclui pequeno-almoço.
Voe em Low Cost – Viajar de avião não tem que sair caro. As companhias low cost voam para cada vez mais destinos e, por vezes permitem combinar marcação de alojamento. Tenha em conta os sites Rumbo, edrams, Ryanair, etc.

CouchSurfing – É uma forma barata e divertida de conhecer o mundo e pessoas de todo o mundo. A tradução fria e crua é “Surf no Sofá”, mas o serviço vai mais além de disponibilizar um lugar para dormir. A intenção é que o viajante conheça a cidade na experiência do anfitrião que deve servir como guia informal do seu destino de viagem.

Fonte: Destinos de Viagem

  
  

Publicado por em