Viagem histórica pelo ‘coração’ do Peru

Um misto de modernidade e antiguidade. Quem visita Lima, capital do Peru, tem a oportunidade de fazer uma viagem no tempo e conhecer parte da história das culturas pré-colombianas

  
  
Centro Histórico reúne em Lima importantes registros da civilização peruana

Um misto de modernidade e antiguidade. Quem visita Lima, capital do Peru, tem a oportunidade de fazer uma viagem no tempo e conhecer parte da história das culturas pré-colombianas que até hoje deixam no ar muita curiosidade de como viviam os primeiros habitantes do país. Ao mesmo tempo, confere tudo que um grande centro pode oferecer.

Não há como passar pela cidade e não visitar o Centro Histórico, onde se concentra a Praça de Armas, o Palácio do Governo, Palácio do Arcebispal, assim como a Catedral de Lima e o Convento de São Francisco. Além da arquitetura, que encanta e chama a atenção de quem percorre a região, esses locais guardam verdadeiros tesouros da história do país que inicialmente foi habitado pelos povos incas, mas que posteriormente foi conquistado por civilizações sofisticadas .

É na Catedral de Lima que se encontra o túmulo do conquistador do Peru, Francisco Pizarro, e várias imagens religiosas, inclusive a da Virgem da Evangelização, um dos primeiros instrumentos de catequização dos incas.

Também no Centro Histórico o Convento São Francisco é berço de muitas histórias e abriga um dos primeiros cemitérios de Lima, localizado embaixo da igreja do mosteiro. O local é bem diferente e revela muitas curiosidades. Mais de 25 mil pessoas foram enterradas e devido ao grande volume, a cada cinco anos eram retirados os ossos dos mortos e colocados em poços. As cenas ficam apenas na memória do visitante, já que não é permitido tirar fotos nas dependências do convento.

A biblioteca do local conta com 25 mil volumes em varias línguas com temas ligados à religião e conversão. Chama atenção um livro que era utilizado para os coros das celebrações que pesa 25 quilos. O espaço aguarda verbas da UNESCO (Organização das Nações Unidas) para restaurações.

Em toda cidade as flores têm lugar garantido. Canteiros em vários formatos e muito bem cuidados por funcionarios municipais colorem diferentes espaços de Lima. É assim na Parque do Amor, cantinho dos casais apaixonados que tem uma linda vista para o mar. Bancos com mosaicos coloridos e a grande escultura “El beso” (O Beijo) ressaltam a beleza da praça.

Muitas plantas também fazem parte da decoração externa do Museu Larco que possui mais de 45 mil peças e se destaca pela diversidade em estilos de cerâmicas encontradas em catacumbas. Artigos feitos com ouro, prata e tecidos também fazem parte do acervo.

Na parte moderna, Miraflores reúne os melhores hotéis, bares, restaurantes e boates. A vida noturna é agitada e traz muitas opções tanto para quem reside quanto para quem está visitando a capital peruana.

Motivos não faltam para conhecer o Peru que oferece cultura, lazer e muito conhecimento!

Fonte: AD Comunicação & Marketing

  
  

Publicado por em

Brito

Brito

19/01/2012 12:31:09
Excelente viagem ! Cidade limpa, segura e com muitas opções de boa comida, cultura e arte! Recomendo!