2011: recordes nos desembarques domésticos

Número ultrapassa 79 milhões, 15,8% a mais que em 2010

  
  

A movimentação dos aeroportos brasileiros em 2011 foi a maior dos últimos 13 anos. De janeiro a dezembro, os desembarques domésticos somaram 79.049.171, resultado 15,8% melhor que os 68.258.268 acumulados em 2010. O mês de dezembro também foi recorde: 7.039.826 chegadas, contra 6.499.031 registradas no mesmo período de 2010.

Na avaliação do ministro do Turismo, Gastão Vieira, os dados resultam do aumento da renda do brasileiro, do interesse em colocar o turismo entre as prioridades de consumo e das facilidades de acesso ao crédito no País: “Viajar pelo Brasil está nos planos de uma em cada três famílias brasileiras. Governos e iniciativa privada trabalham para que os turistas realizem esse sonho, levando na bagagem o desenvolvimento do Brasil”. A atividade turística impacta mais de 50 segmentos da economia e é responsável, atualmente, por 3,6% do nosso Produto Interno Bruto (PIB).

“Todas as nossas projeções e expectativas para 2011 se confirmaram. Os dados mostram que o turismo se consolida como um dos principais setores da economia brasileira, um grande vetor de geração de empregos, divisas e de diminuição das desigualdades no Brasil. É importante assinalar também que ainda há muito o que crescer. Temos um grande contingente de brasileiros que serão estimulados por meio de políticas públicas, por parte do Ministério do Turismo, para que passem a incorporar o turismo em suas opções de consumo”, revelou, Gastão Vieira.

ESTRANGEIROS NO BRASIL
Outro resultado inédito foi verificado nos voos internacionais. Foram 9.005.165 desembarques de estrangeiros no Brasil em 2011, crescimento de 13,95% em relação aos 7.902.531 de 2010. É o mais alto número verificado desde o início da série histórica, no ano 2000. Além disso, o último mês do ano também foi recorde: 735.362 desembarques, variação 6,5% melhor que os 689.898 somados em dezembro de 2010.

A circulação de passageiros está fortemente concentrada nos terminais aeroportuários de São Paulo (Guarulhos e Congonhas), Distrito Federal (Brasília), Rio de Janeiro (Galeão e Santos Dumont) e Minas Gerais (Confins).

Os desembarques se referem ao fluxo de passageiros, em voos regulares e não-regulares, nos 67 aeroportos brasileiros administrados pela Empresa Brasileira de Infra-Estrutura Aeroportuária (Infraero) em todo o território nacional. O indicador é utilizado pelo Ministério do Turismo para avaliar o crescimento da atividade turística no Brasil.

Os aeroportos que mais receberam voos domésticos em 2011 foram:

Internacional de Guarulhos, com 8,8 milhões
Congonhas, com 8,3 milhões
Internacional de Brasília, com 7,2 milhões
Internacional do Galeão, com 5,3 milhões
Santos Dumont, com 4,2 milhões

Fonte: MTur

  
  

Publicado por em