A cada chegada, uma nova descoberta

Costa do Descobrimento, em Porto Seguro (BA), leva o turista a uma viagem pela história do Brasil e a cultura indígena

  
  
Em Porto Seguro (BA), cada viagem é uma nova descoberta do Brasil

Cenário de descobertas, um convite à emoção de também fazer parte da história do país e conhecer a cultura de um povo há mais de 500 anos nesse território que hoje chamamos Brasil. Essa é Costa do Descobrimento, região localizada no sul da Bahia, em Porto Seguro (BA), contemplada pelo projeto Economia da Experiência do Ministério do Turismo (MTur). Por meio da ação, os empreendedores locais foram capacitados para valorizar, na formatação dos roteiros, a cultura, o artesanato, a história, tudo que é único e remete a algo original da região.

Como resultado, dois roteiros repletos de atividades diferenciadas e únicas que ficarão para sempre na lembrança dos turistas, como dormir em uma oca indígena e comer peixe assado na folha de patioba. Os roteiros Viagem pelo Tempo e Novas Descobertas são um verdadeiro Tour da Experiência – proposta da marca do projeto – pela emoção, prazer, inspiração e satisfação.

Segundo a coordenadora geral de Produção Associada ao Turismo do MTur, Ana Cristina Albuquerque, o projeto nasceu da necessidade do turista vivenciar destinos com experiências singulares. “Hoje o turista não quer só tirar uma foto do lugar visitado e levar como lembrança, ele quer viver emoções diferenciadas”, ressalta. Albuquerque explica que “essa é uma forma também de diversificar a oferta turística e gerar emprego e renda para a população local e, ainda, fazer com que os empresários ampliem as opções e produtos de seus estabelecimentos”.

Um exemplo de atividade sugerida pelos roteiros da região da Costa do Descobrimento é o Descobrindo Maria Nilza. Figura carismática e histórica da região, Maria Nilza, proporciona ao turista que vista seu restaurante de culinária especializada em frutos do mar a opção de acompanhar o preparo do prato e até criar seu próprio drinque. Bonecas que representam as fases da vida dessa mulher de personalidade forte podem ser levadas para casa como lembrança pelo turista, que ainda pode relaxar no Banho Encantado da Deusa regado por ervas aromáticas e sais.

Maria Luiza Cruz, da agência Pataxó Turismo, em Porto Seguro (BA) explica que o empreendimento já trabalhava o conceito do Tour da Experiência sem saber. “Nossa proposta sempre foi fazer com que o turista tivesse experiências inesquecíveis no sul da Bahia”. No entanto, Cruz conta que a região ficou rotulada como de turismo de massa, então ter uma proposta diferente era difícil. “O projeto foi muito legal porque nos ajudou nesse sentido, mobilizou outras pessoas da região e do setor turístico a pensarem da mesma forma. Isso veio agregar para a gente conseguir manter um grupo bacana, que se mobilizou e criou o roteiro de três dias repleto de experiências inesquecíveis”, conta.

Na Reserva da Jaqueira, em plena Mata Atlântica, os índios Pataxós recebem o turista que participa de uma palestra interativa e caminha pela mata, onde conhece as ervas e armadilhas indígenas. Segundo Cruz, a atividade sugere a interação total do turista com a comunidade. “O turista pode vivenciar o esporte indígena como o arremesso de arco e flecha, fazer pintura corporal, comer um peixe assado na hora”. Para fechar, “o turista participa de ritual de confraternização e, se preferir, pode pernoitar na aldeia em uma oca”, explica.

Além da Costa do Descobrimento (BA), Belém (PA), Petrópolis (RJ), Bonito (MS) e Região da Uva e Vinho – Serra Gaúcha (RS) são destinos contemplados pelo projeto e já oferecem aos turistas produtos diferenciados com base na experiência e na vivência. O Economia da Experiência é desenvolvido pelo Ministério do Turismo (MTur) em parceria com o Sebrae Nacional e sob gestão do Instituto Marca Brasil (IMB).

Costa do Descobrimento - A cada chegada, uma nova descoberta

Viagem pelo tempo

Neste roteiro, o visitante poderá fazer parte do cenário em que o Brasil foi descoberto, passeando pelo centro histórico, contemplando monumentos do século XVI a XVIII, visitando a réplica em tamanho real da Nau de Cabral, entre outras atrações.

Novas Descobertas

Inserir o turista na cultura local, fazendo-o se emocionar com os jogos de capoeira, descobrir a boa gastronomia baseada nos temperos trazidos pelos portugueses, africanos e nativos e experimentar os costumes dos Índios Pataxós na Reserva da Jaqueira, além de desfrutar das praias de águas mornas e transparentes, emolduradas por falésias e coqueirais são as experiências proporcionadas nesta rota.

Fonte: MTur

  
  

Publicado por em