Abav disponibiliza em seu site as boas práticas do Benchmarking

A ABAV Nacional, em parceria com o Ministério do Turismo, SEBRAE e EMBRATUR, realizou no ano passado o projeto Benchmarking em Turismo, um dos principais programas de qualificação do turismo receptivo do Brasil

  
  

A ABAV Nacional, em parceria com o Ministério do Turismo, SEBRAE e EMBRATUR, realizou no ano passado o projeto Benchmarking em Turismo, um dos principais programas de qualificação do turismo receptivo do Brasil, e as boas práticas observadas nas dez viagens realizadas em 2010, já podem ser acessadas através do Portal Abav.

“O ponto fundamental de um projeto de Benchmarking em turismo, é a identificação das boas práticas que geram diferenciação para as organizações e destinos de referência num determinado segmento”, ressalta Antonio Azevedo, diretor do ICCABAV e do Programa Benchmarking em Turismo.

No site www.abav.com.br, clicando em Benchmarking, as práticas estão disponibilizadas através do histórico de cada viagem técnica realizada. Para facilitar o acesso, as boas práticas foram classificadas em nove dimensões que estão relacionadas com os diferentes focos empresariais de um empreendimento ou destino: Gestão, Infraestrutura, Negócio, Certificação, Segurança, Formação e qualificação, Parcerias - Network, Envolvimento da comunidade e Segmento específico.

Os dez destinos visitados foram: República Tcheca com foco da observação em Operações Turísticas em Países Emergentes , Itália com foco no Turismo de Bem-Estar e Termalismo, Peru com Turismo de Selva e de Base Comunitária, Recife e Olinda com Turismo Cultural, São Paulo com Turismo de Negócios e Eventos, Brotas e Socorro com Turismo de Aventura, Gramado e Canela com Eventos como Solução Criativa contra a Sazonalidade, Búzios com Turismo de Sol e Praia, Pantanal com Ecoturismo e México Operações Integrada em Segmento Diversificados.

O Benchmarking tem como objetivo qualificar os micro e pequenos empresários brasileiros que atuam diretamente no atendimento aos turistas - donos de hotéis, pousadas, restaurantes, agências e operadoras e desta forma tornar mais competitivo, o destino onde atuam.

“Muito se fala em capacitação de mão-de-obra e só no ano passado, a ABAV ao lado do Ministério do Turismo, Embratur e SEBRAE executou um dos principais projetos de qualificação do turismo receptivo do Brasil, envolvendo ao todo cerca de 3.800 profissionais. Estamos fazendo a nossa parte”, finaliza o presidente da ABAV Carlos Alberto Ferreira, o Kaká.

Fonte: ABETA

  
  

Publicado por em