Agentes definem estratégias para promover turismo entre RR e AM

A reunião é uma das atividades da programação da Feira das Américas, realizada no Rio de Janeiro

  
  

Até esta sexta-feira (23), representantes do Sebrae de todo o Brasil, agentes de turismo e profissionais ligados ao setor de diversos órgãos, como o Ministério do Turismo, e consultores do Instituto Marca Brasil estão reunidos, no Rio de Janeiro, para discutir e traçar o plano estratégico que divulgará e promoverá os roteiros integrados de todo o País, incluindo a Rota 174, que fica entre o Estado de Roraima e o Amazonas.

A reunião é uma das atividades realizadas dentro da programação da Feira das Américas, evento destinado ao turismo e que é promovida de quarta (21) a sexta (23) no espaço Rio Centro no Rio de Janeiro. A Feira das Américas é o principal foco de comercialização e comunicação do setor e reúne mais de mil expositores de toda a cadeia produtiva do turismo no País.

Roraima será apresentado na Feira no estande do Ministério do Turismo com a exposição 'Rota 174', um dos pontos do roteiro integrado, para divulgar os atrativos turísticos presentes ao longo da BR 174, entre a cidade de Manaus, no Amazonas e Pacaraima, em Roraima.

“Essa reunião é importante para definirmos e fortalecermos o acordo de cooperação técnica e estratégias de ação para impulsionar o Projeto de Roteirização, sobretudo na nossa região, e a validação do Plano Estratégico”, afirmou o coordenador de Projetos Estratégicos do Sebrae, Josué Costa. Segundo o coordenador, o encontro servirá ainda para avaliar o atual estágio de execução do Roteiro, avaliar as dificuldades encontradas para a sua implementação e discutir com os técnicos do Ministério as próximas atividades.

Ele adianta que o Projeto Rota 174 já tem finalizado o planejamento e diagnóstico, com o detalhamento do que existe de ponto turístico ao longo da BR e a infra-estrutura disponível. “Nosso diferencial é a oportunidade de acompanhar de perto a vivência das comunidades indígenas e suas tradições, como a comunidade do Bananal em Pacaraima, que já recebe alguns visitantes”, conta.

Além do coordenador do Sebrae Josué Costa, participam da reunião a consultora de Turismo Juliana Vergas, pela Universidade Estadual de Roraima (UERR), Daniel Bernardes, consultor de produção do Roteiro do Amazonas, Jayth de Oliveira, consultor de mercado e Carlos Fábio, Sebrae/AM

Rota 174 Amazonas/Roraima

A BR-174 é a rodovia federal que liga Manaus (AM) a Boa Vista (RR) e dá o nome ao roteiro integrado da Região Norte, que também é utilizado para conduzir turistas brasileiros às praias do Caribe na Venezuela. A Rota 174 Amazonas/Roraima tem como referência os municípios de Manaus e Presidente Figueiredo, no Estado do Amazonas, e os municípios de Caracaraí, Amajari, Pacaraima e Boa Vista, em Roraima.

Os trabalhos de estruturação desse roteiro já estão finalizados e incluem pontos como a cidade de Presidente Figueiredo com mais de 90 cachoeiras, corredeiras, grutas e cavernas para quem gosta de aventura.

Ao longo dos quase mil quilômetros de extensão, a BR-174, toda asfaltada, apresenta o marco da Linha do Equador, o Parque Nacional do Viruá, em Boa Vista, a Praia Grande, Serra do Tepequém e, em Pacaraima, o Monte Roraima.

A rodovia atravessa ainda a reserva indígena dos Waimiri-Atroari. Um dos atrativos e os segmentos turísticos explorados dentro da Rota 174, tanto no mercado nacional quanto internacional são: ecoturismo, aventura, observação de pássaros, turismo científico e antropológico.

Em entrevista, o coordenador do projeto de Turismo do Amazonas, Fabio Souza, assegurou que os sete estados da Amazônia brasileira estão unidos para transformar o turismo na região em uma experiência inesquecível. O projeto de Roteirização já identificou produtos e roteiros turísticos para promover o turismo integrado na Amazônia

Cinco roteiros já estão integrados: Amazonas-Pará (Manaus-Parintins, Santarém e Belém), Rondônia-Acre (Caminhos do Pacífico), Pará-Amapá (Rota da Pororoca), Amazonas-Roraima (Rota 174) e Jalapão (TO).

"Muita gente ainda acha que a Amazônia é só Manaus. Havia gente que mal tinha ouvido falar no Amapá", diz Fabio Souza, coordenador de turismo do Amazonas. Segundo Souza, as unidades estaduais do Sebrae estão trabalhando a capacitação dos empresários nas regiões das rotas.

Serviço:
Sebrae em Roraima - (95) 2121-8012

Fonte: Agência Sebrae de Notícias

  
  

Publicado por em