Águas da Prata oferece uma viagem relaxante

Uma boa opção para recarregar as energias e descansar é conhecer Águas da Prata. A cidade, considerada Estância Hidromineral, oferece uma viagem relaxante e cheia de atrações como trilhas, cachoeiras e espaço para esportes radicais

  
  
Águas da Prata fica a 222 quilômetros de São Paulo e tem entre os destaques as Sete Cachoeiras

Uma boa opção para recarregar as energias e descansar é conhecer Águas da Prata. Distante 222 quilômetros de São Paulo, a cidade, considerada Estância Hidromineral, oferece uma viagem relaxante e cheia de atrações como trilhas, cachoeiras e espaço para esportes radicais.

Localizada próximo a Serra da Mantiqueira, Águas da Prata é famosa pela grande quantidade de sais minerais encontradas em suas águas. Tanto que até mesmo seu nome tem origem no tupi-guarani “Pay t┠que ao ser pronunciada pelos portugueses tornou-se “Prata” e significa “água dependurada” em razão da alta mineralização das águas que ao escorrerem próximas as minas formam estalactites.

Uma boa pedida para começar o passeio é conhecer a Praça Basílio Ceschin. O local, ponto de referência da cidade, possui duas fontes de águas minerais e um lago onde é possível se divertir com os pedalinhos.

Gruta Nossa Senhora de Lourdes

Já para os aventureiros, o Pico do Gavião, localizado na divisa de São Paulo e Minas Gerais, é ótimo para praticar voo livre. Outra opção é conferir o visual do alto do Morro do Cristo ou também conhecer a bela queda das Sete Cachoeiras. Para os menos radicais, há várias trilhas que proporcionam um amplo contato com a natureza.

E para homenagear a padroeira da cidade foram criados dois locais especiais. O primeiro é a Igreja Nossa Senhora de Lourdes que faz parte do Roteiro da Fé e é um dos pontos de partida de romarias que saem de Águas da Prata em direção ao Santuário de Nossa Senhora de Aparecida, em Aparecida. O outro espaço que atrai muitos fiéis é a Gruta Nossa Senhora de Lourdes. Inaugurada em 1958, o local possui a imagem da santa cercada por flores.

Fonte: Governo de São Paulo

  
  

Publicado por em