Além da Copa

Ministro do Turismo defende a implantação de políticas que coloquem o setor entre as principais forças econômicas do país

  
  

“Temos certeza de que não vamos perder a grande oportunidade. Desafios serão vencidos e consolidaremos uma grande política de turismo para o país”. Com essa afirmação, o ministro do Turismo, Gastão Vieira, defendeu, em discurso na abertura da Feira das Américas – Abav 2011, a implementação de políticas que olhem além dos grandes eventos internacionais que serão realizados no Brasil.

"A cada lugar que visito tenho mais convicção de que as coisas estão caminhando bem, no sentido de colocarmos o turismo entre as principais forças econômicas do país", disse o ministro. A cerimônia teve a presença da ministra da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República, Maria do Rosário, do prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, e do presidente da Abav, Carlos Alberto Amorim.

Os preparativos para a Copa do Mundo de 2014 e os benefícios econômicos e sociais da competição foram o foco dos discursos das autoridades presentes. Eduardo Paes disse que não tem dúvidas de que o Brasil realizará um grande evento e que este deixará avanços importantes como legado. “Vamos fazer tudo certo e de forma sustentável”.

O presidente da Abav fez um discurso de despedida, já que deixa a entidade depois de quatro anos de gestão. Ele defendeu que os investimentos não se concentrem apenas em infraestrutura, mas atendam também às necessidades dos cidadãos nas áreas da saúde e da educação, por exemplo.

A feira da Associação Brasileira das Agências de Viagens será realizada de 19 a 21 de outubro, no Rio de Janeiro, no Riocentro. Como evento paralelo, acontece o 39º Congresso de Agências de Viagens. Ele terá palestras e oficinas para profissionais do setor. O Ministério do Turismo participa com um estande, onde serão prestadas informações sobre os programas e ações da pasta.

Fonte: MTur

  
  

Publicado por em