Antiquarium é o mais novo atrativo turístico de Foz

FOZ DO IGUAÇU - O Antiquarium – Feira Livre - realizado aos domingos na Avenida Juscelino Kubitschek é o mais novo atrativo turístico de Foz do Iguaçu. O motivo é que em todas as suas edições - princi

  
  

FOZ DO IGUAÇU - O Antiquarium – Feira Livre - realizado aos domingos na Avenida Juscelino Kubitschek é o mais novo atrativo turístico de Foz do Iguaçu. O motivo é que em todas as suas edições - principalmente depois que uniu gastronomia e artesanato - a Feira cada vez mais vem ganhando adeptos, tanto para expor os produtos no local como também freqüentadores que aproveitam as manhãs de domingo para fazer um passeio diferente com toda a família. Atrativos não faltam. No próximo domingo, 08, haverá música tanto para quem gosta de canções sertanejas como para aqueles que preferem clássicos da Música Popular Brasileira. Uma dupla sertaneja confirmou presença e o Sexteto de Metais da Fundação Cultural entoará muita bossa nova e samba.

Como, além dos Iguaçuenses, a feira está atraindo muitos turistas, inclusive estrangeiros, o Antiquarium agora faz parte do leque de pontos turísticos oferecidos pela cidade. A meta é preencher o tempo ocioso dos visitantes nas manhas de domingo. Um exemplo é o argentino Martin Aguero. Enquanto esperava pelo vôo só no domingo à tarde, acordou cedo e saiu a procura de algo para fazer na cidade. A movimentação na avenida chamou a atenção do turista. Curioso, aproveitou para conhecer um pouco da cultura brasileira e do município. “Como no meu país e na a minha cidade, Buenos Aires, existem muitas feiras como essa, resolvi dar uma passada para comparar”, disse.

Segundo o Secretário Municipal do Turismo, Sérgio Lobato, o Antiquarium é uma atração cultural muito importante para o município oferecida gratuitamente pela Fundação Cultural. E com certeza pode ser considerado mais um ponto turístico da cidade, pois os turistas podem aproveitar para conhecer um pouco da cultura local por meio das pinturas, dos bordados, da gastronomia, das músicas e dos produtos típicos da região, como queijos, os doces e as compotas. Inclusive, é um local para provar um pouco das outras culturas que vivem na cidade, por exemplo, nas barracas de produtos japoneses disponíveis na feira.

Apoio - O secretário afirmou que os proprietários de hotéis e agências de viagens devem cada vez mais incentivar os turistas a visitarem a feira, como qualquer outro ponto. Atuando de forma articulada e precisa todos ganham.

Incluir a Feira na lista dos atrativos vai ao encontro da proposta da Ministra Marta Suplicy durante sua passagem pela fronteira na semana passada. De acordo com Marta, para a região atrair mais visitantes e criar uma identidade turística forte é necessária a criação de novos atrativos e, assim, segurar os turistas mais dias na cidade. “O Antiquarium é a opção”, frisou Lobato.

fonte: Agência Brasileira de Notícias

  
  

Publicado por em