Areia, Paraíba – Uma cidade histórica de alto potencial turístico e ecológico, ao lado de Campina Grande

Areia preserva obras históricas e casarões do século passado, sendo uma cidade muito importante no cenário nacional. Proporciona ao visitante uma viagem ao passado sem sair do presente.

  
  

Por Eduardo Andreassi

Areia, Paraíba

Areia, município do estado da Paraíba, está distante 120 quilômetros de João Pessoa e 50 km de Campina Grande, a capital do Forró. A 600 metros de altitude, é o principal município do brejo paraibano e a porta de entrada para roteiros que unem natureza, história e cultura.

Também conhecida como "Ouro Preto da Paraíba" por preservar interessantes construções históricas de séculos passados, Areia foi a primeira cidade na Paraíba a ter a sua área totalmente protegida e preservada, obtendo do IPHAN o título de Patrimônio da Cultura Nacional em 2006, onde se destacam o Teatro Minerva, Casa Museu Pedro Américo - com inúmeras réplicas dos quadros deste que foi o mais célebre cidadão areiense, entre elas a famosa obra “O Grito do Ipiranga” - , a Igreja Rosário dos Negros e , que apresenta as várias etapas da fabricação dessa iguaria e dos outros derivados da cana-de-açúcar.

Tem também como atrativos, muitas riquezas naturais no Parque Estadual Mata do Pau Ferro, com diversas fontes e balneários aquáticos. No seu calendário de eventos culturais se destacam: Festival da Cachaça e Rapadura, Festival de Música e Festival de Artes.

Igreja de Nossa Senhora da Conceição

Curiosidades

No alto quarto dos escravos - museu Casarão José Rufino

Embora os negros fizessem parte da estrutura econômica da região, Areia foi a primeira cidade do Brasil a abolir a escravidão através de uma campanha promovida por abolicionistas.

Casarão José Rufino
Casa de um Antigo Dono de Engenho' hoje museu Casarão José Rufino

A cidade também tem seus filhos ilustres, como Dom Adauto de Miranda Henriques, arcebispo da Paraíba, Álvaro Machado, fundador do Jornal A União e o tão conhecido pela sua obra - o quadro do “Grito do Ipiranga” -, Pedro Américo.

Em 1934, é criada a primeira escola de nível superior, a Escola de Agronomia do Nordeste, exatamente quando as tendências profissionais da comunidade ainda são fortemente acentuadas para Medicina, Advocacia ou Sacerdócio. Hoje é denominada Universidade Federal da Paraíba.

Lugares para se conhecer em Areia

MUSEU DA RAPADURA

O Museu do Brejo Paraibano, também conhecido como Museu da Rapadura está localizado no Campus II da Universidade Federal da Paraíba, na cidade de Areia.

Museu da rapadura, Areia
Museu da rapadura, Areia

Além de conhecer cada processo do trabalho artesanal, desde a velha almanjarra movida pela força dos escravos, até a colocação do doce nos já tradicinais formatos de tijolinhos, o visitante pode apreciar vários utensílios da época, como móveis rústicos, um relógio de parede de 226 anos que ainda funciona perfeitamente, uam pedra de moer milho, um gargalho de ferro que servia para prender escravos pelo pescoço, uma palmátória de ferro e um acervo de 280 garrafas de cachaça.

RESTAURANTE VÓ MARIA

Vó Maria

A localidade ainda abriga o restaurante de comida caseira Vó Maria, que oferece pratos regionais preparados com hortaliças orgânicas produzidas na própria comunidade. Aos sábados, a atração é o pôr do sol ao som da Ave Maria. E enquanto apreciam as belezas do lugar, os turistas podem provar um delicioso lanche preparado num fogão à lenha.
Sentar-se ao lado da proprietária Luciana e ficar sabendo de como tudo começou, é algo imperdível e considerável turismo de vivência ou mesmo uma história de vida.

Com muita garra, esforço e determinação, entre os altos e baixos, Luciana conseguiu mobilizar toda a comunidade e hoje representa um Case de sucesso. Lá são produzidas polpas de frutas, baús, bolsas, luminárias, passadeiras, chapéus, bijuterias, mandalas, pastas, passadeiras, jarros e outras peças.

ENGENHO TRIUNFO

A cachaça Triunfo é uma das mais tradicionais da Paraíba, sendo produzida na cidade de Areia. A Cachaça Triunfo é produzida pelos empresários Antônio Augusto e Maria Júlia.

No ano de 1994, após receber uma herança, o casal decidiu comprar um engenho, sonho antigo de Antônio Augusto. Mas as dificuldades eram muitas. Com a falta de dinheiro para adquirir máquinas próprias para a confecção da cachaça, os empresários tiveram que improvisar: “Não tínhamos dinheiro para comprar máquinas para fazer a cachaça e ele foi inventando.

Cachaça Triunfo

Fabrica uma das melhores, senão a melhor cachaça da região. O Engenho Triunfo recebe cerca de 1500 visitantes por mês, vindos de todo o Brasil e até do exterior. Aqui as pessoas podem conferir de perto todo o processo de fabricação da Cachaça, conhecer a lojinha e os produtos da Triunfo, degustar as cachaças e os sorvetes de frutas tropicais com leve toque da cachaça triunfo, além de apreciar as belezas do lugar.

ENGENHO VACA BRAVA – O MAIS ANTIGO DA REGIÃO

Areia abriga os primeiros engenhos da Paraíba a contarem com máquinas a vapor. Inaugurado em 1860, o local é considerado o engenho mais antigo da região.

Na Casa do Doce - Doce Macacada

IGREJA DO ROSÁRIO DOS PRETOS

A igreja consagrada a Nossa Senhora do Rosário foi iniciativa de uma Irmandade originalmente composta por gente de cor. É a mais antiga do lugar embora não se tenha a data precisa de sua fundação.

Todo esse cenário natural e humano, artisticamente elaborado, levaram o IPHAN a transformar Areia em Patrimônio Histórico Nacional.


Como chegar


Festas Juninas - O novo produto do turismo brasileiro

O Brasil como um todo, tem a necessidade de ser reconhecido não só como o País do Futebol e do Carnaval. Para isso, são necessárias constantes ações – investimentos, feiras, workshops, divulgação nas mídias - que fomentam ainda mais o Turismo e mostram ao mundo as belezas de nosso país, gerando consequentemente mais empregos e receita.
É justamente o que o
Ministério do Turismo está fazendo ao incluir no seu quadro de Eventos Nacionais, a típica Festa Junina, procurando atrair mais turistas ao longo do ano e gerar mais empregos diretos e indiretos.


Eduardo Andreassi
Jornalista e Fotojornalista
Contato: edu_andreassi@hotmail.com
Site : www.eduardoandreassi.com

Copyright 2017 - Eduardo Andreassi - Todos os direitos reservados
Todas as fotos deste álbum virtual estão protegidas pela LEI DO DIREITO AUTORAL, Nº 9.610, DE 19 DE FEVEREIRO DE 1998. Portanto é proibida qualquer reprodução ou divulgação das minhas imagens, com fins comerciais ou não, em qualquer meio de comunicação, inclusive na WEB, sem prévia consulta e autorização.

  
  

Publicado por em