Bento Gonçalves sedia encontro do projeto Economia da Experiência

Evento será aberto nesta quarta-feira (10) na cidade gaúcha e promoverá a troca de experiências entre os participantes do projeto em que o turista é ator de sua própria experiência

  
  

Um convite para refletir sobre um conjunto de serviços que recorrem ao imaginário, aos desejos, às emoções e às histórias que são protagonizadas pelos turistas e a formação de uma rede nacional de empresários são alguns dos objetivos do Encontro Nacional dos Empreendedores do Projeto Economia da Experiência, que será realizado a partir desta quarta-feira (10), no Hotel Villa Michelon, em Bento Gonçalves (RS). O evento termina na sexta (12).

O evento vai reunir os empreendedores das cidades onde o projeto Economia da Experiência está sendo implantado bem como parceiros, gestores locais, Sebrae, SHRBS Região Uva e Vinho e Secretarias de Turismo Estaduais e Municipais e vai contar com a presença do Secretário Nacional de Políticas do Turismo, Carlos Silva, e do presidente e diretora do IMB, José Zuquim e Daniela Bitencourt.

O projeto Economia da Experiência é uma parceria entre o Ministério do Turismo e Sebrae com gestão do Instituto Marca Brasil e já foi concluído na Região da Uva e Vinho por meio do suporte do SHRBS – Sindicato de Hotéis, Bares e Restaurantes de lá. Nos outros quatro destinos participantes: Petrópolis (RJ), Bonito (MS), Costa do Descobrimento (BA) e Belém (PA) já foram cumpridas as etapas metodológicas que envolvem pesquisa diagnóstica e implantação das inovações. Neste momento, estão sendo colocadas em prática algumas ações de comercialização traçadas pelo plano de mercado (formatado durante o projeto) e a criação da rede nacional dos empreendedores participantes.

Para o Secretário Nacional de Políticas do Turismo, Carlos Silva, o Encontro Nacional dos Empreendedores do Projeto Economia da Experiência exemplifica bem o sucesso da parceria público-privada. "O envolvimento da iniciativa privada nos projetos ligados ao turismo imprime maior competitividade na gestão de destinos. Essa aliança entre o Estado, os empresários e a sociedade é o único caminho para auxiliar no desenvolvimento do Turismo no País de forma sustentável", avalia.

Para a diretora do Instituto Marca Brasil, Daniela Bitencourt, o encontro ajudará na criação da rede de empreendedores e promoverá uma grande troca de experiências entre os cinco destinos.

“A ideia é reunir todos os envolvidos no Economia da Experiência para interagirem e trocarem informações sobre as inovações implantadas pelo projeto, os benefícios trazidos para os empresários e para os municípios” explica. Daniela explica ainda que toda a estratégia do projeto é calcada na inovação da oferta turística baseada numa nova segmentação de mercado não mais unicamente baseada em produtos, localidades, equipamentos, mas em experiências a serem vivenciadas. O projeto enxerga o turista, não mais como um ser contemplativo, mas como um ator da própria experiência nos destinos que visita.

A programação do Encontro Nacional dos Empreendedores do projeto Economia da Experiência vai promover vivências e visitas aos empreendimentos da Região da Uva e Vinho que participaram do EE. Um dos pontos altos do evento será a apresentação das melhores práticas em Las Vegas que foram analisadas durante bencmarking realizado na cidade e informações sobre as inovações do turismo em Trento na Itália. Além disso, a palestra sobre comunicação e formação de redes será conduzida pelo apresentador e diretor de TV, Marcelo Tás, que venceu ano passado o Troféu Imprensa de Melhor Programa Humorístico, “CQC – Custe o que Custar”.

Serviço:
Assessoria de Imprensa
Instituto Marca Brasil
Tel.: (21) 87447113

Fonte: Agência Sebrae de Notícias

  
  

Publicado por em