Bonito (MS) lança Projeto Economia da Experiência

Intenção é envolver turista em manifestações que fazem parte da história local, criando sensações e emoções que marquem a memória dos visitantes

  
  

Criar sensações e emoções que fiquem para sempre na memória dos visitantes. Este é o objetivo do projeto Economia da Experiência que o Sebrae em Mato Grosso do Sul e o Ministério do Turismo lançam nesta terça-feira (10), às 19h, no Centro de Convenções de Bonito. “Queremos valorizar a cultura e a história local e, assim, aumentar e diversificar o turismo”, afirma a coordenadora estadual de turismo do Sebrae/MS, Márcia Rocha.

Bonito é um dos cinco destinos escolhidos para participar do projeto, que inclui ainda as cidades de Petrópolis (RJ), Porto Seguro (BA) e Belém (PA), além da região da uva/vinhos no Rio Grande do Sul. “Para indicar o município sul-mato-grossensse, o Ministério do Turismo se baseou em critérios como destinos turísticos consolidados, com pequena extensão territorial e produção associada identificada e forte”, explica Márcia Rocha.

Conforme as linhas gerais do projeto, economia da experiência não significa apenas agregar valor a produtos ou serviços. Esse é apenas um passo para se chegar à essência do conceito, que é realizar sonhos, desejos e transformar cada empreendimento em um palco, onde o ator principal é o turista. Na Região Sul do País, a metodologia da economia da experiência já foi aplicada como projeto piloto.

“Um restaurante rural aproveitou uma prática comum das nonas italianas de fazer pequenos pães em formato de passarinho para oferecer esta experiência ao cliente, que pode comer, fazer ou levar para casa”, conta a coordenadora de turismo do Sebrae/MS. Ela acredita que experiências análogas podem ser desenvolvidas em Bonito, cidade com potencial histórico e cultural forte, que pode ser aproveitado para atrair novos perfis de turista.

Para isso, a adesão de empresários locais e empreendedores é fundamental. Segundo Márcia, serão 20 empreendimentos escolhidos para passar por todas as etapas da metodologia. São parceiros no projeto, a Prefeitura Municipal de Bonito, a Secretaria de Turismo, Comércio e Indústria da cidade, além do centro de convenções local.

Serviço:

Sebrae no Mato Grosso do Sul - (67) 3389-5511

Fonte: Portal Inter Jornal de Notícias

  
  

Publicado por em