Brasil e Inglaterra querem trocar experiências em turismo

Para o Brasil é muito importante conhecer as experiências de promoção turística de países que já realizaram ou irão realizar grandes eventos

  
  

Embratur e VisitBritain acertaram, em reunião realizada em Londres na quarta-feira (11/11), assinatura de acordo de cooperação entre os dois países para troca de experiências nas áreas de turismo e promoção de imagem nos Jogos Olímpicos e Copa do Mundo. Brasil quer conhecer experiências das Olimpíadas 2012 e Inglaterra tem interesse na expertise do Brasil na candidatura a sede da Copa 2014

Caso a Fifa escolha a Inglaterra sede da Copa do Mundo de 2018 o país será, ao lado do Brasil, palco dos principais eventos esportivos realizados na próxima década. Esta convergência de interesses fez com que VisitBritain e a Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo), órgãos de turismo dos dois países, acertassem, em reunião realizada em Londres, Inglaterra, a formalização de um acordo de cooperação para troca de experiências nas áreas de turismo e promoção de imagem nos Jogos Olímpicos e Copa do Mundo.

O acordo será assinado em maio do ano que vem, quando a CEO do VisitBritain, órgão de promoção turística da Grã Bretanha, Sandie Dawe, virá ao Brasil. Mas a agenda conjunta de trabalho começa desde já: um seminário reunindo especialistas mundiais na área de marketing e promoção turística será realizado no período de assinatura do acordo e o fluxo de informação e troca de dados entre os dois órgãos será constante a partir de agora.

"Para o Brasil é muito importante conhecer as experiências de promoção turística de países que já realizaram ou irão realizar grandes eventos, como e o caso da Inglaterra, sede dos Jogos de 2012. Queremos aliar a expertise que temos, sobretudo com a realização dos Jogos Pan-americanos e a preparação para a Copa do Mundo, com a que outros países estão vivenciando", afirmou a presidente da Embratur, Jeanine Pires, que participou da reunião.

A CEO do VisitBritain demonstrou especial interesse em como o Brasil se prepara para receber os turistas estrangeiros na Copa 2014, incluindo a organização de roteiros e relação com operadores turísticos para a venda de pacotes. Detalhes da estratégia de candidatura do País a Copa do Mundo também estão entre os interesses do VisitBritain, já que a Inglaterra é candidata a receber a Copa 2018.

"Temos muito interesse na experiência do Brasil e esta aproximação certamente trará benefícios para ambos os lados", afirmou Sandie Dawe. "Estamos estendendo para o turismo a política de cooperação já estabelecida pelos governos da Grã Bretanha e do Brasil em outros setores", disse.

O acordo prevê uma agenda conjunta de trabalho, que inclui seminários com especialistas internacionais, visitas de benchmarking, para conhecimento das experiências in loco, e constante troca de informações e dados entre os órgãos de promoção turística dos dois países.

A aproximação com os órgãos de turismo de cidades que sediaram outras Olimpíadas, como Pequim e Sidney, e os Jogos de Inverno, como Vancouver, no Canadá, também farão parte das ações da Embratur, que já dispõe de um plano estratégico de promoção internacional do turismo brasileiro para a Copa do Mundo de 2014.

"Com a definição do Rio de Janeiro como sede das Olimpíadas, vamos incluir os Jogos neste planejamento. Afinal, entre 2010 - quando termina a Copa da África - e 2016 o Brasil terá uma exposição enorme no mundo. É uma oportunidade muito rica, que não vamos desperdiçar", declarou Jeanine Pires.

Fonte: Embratur

Visite : www.revistaecotour.com.br

  
  

Publicado por em