Brasil registra 18 milhões de viagens de idosos ao ano

A tendência é que essa quantidade aumente a cada ano, devido ao envelhecimento da população

  
  

Na quarta-feira (1º/10) é comemorado o Dia Internacional da Terceira Idade, público que já representa 11% da população brasileira, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Dados do Ministério do Turismo mostram que a população acima de 60 anos já responde por quase 18 milhões de viagens ao ano no Brasil, o que representa uma fatia de 8,9% do mercado nacional.

A tendência é que essa quantidade aumente a cada ano, devido ao envelhecimento da população.

A projeção do IBGE é a de que em 10 anos os idosos representarão 16% dos brasileiros e, em 2060, 34%.

“Por isso, os gestores públicos e prestadores de serviços do setor devem estruturar políticas públicas e produtos voltado para esse público”, comenta o ministro do Turismo, Vinicius Lages.

Tal movimento se deve a uma combinação de fatores, como o aumento da expectativa de vida dos brasileiros – que saltou de 41 anos na década de 1930 para 70 anos atualmente – e a redução do índice de fecundidade, que caiu de uma média de seis filhos por casal, em 1940, para aproximadamente dois filhos nos dias atuais.

Viaja Mais Melhor Idade:

O Ministério do Turismo mantém o programa Viaja Mais Melhor Idade, uma iniciativa voltada para a promoção da inclusão social de pessoas a partir de 60 anos, aposentados e pensionistas.

Os viajantes que se enquadram neste perfil têm acesso a descontos e vantagens exclusivos – incluem, por exemplo, diárias extras, entradas e passeios gratuitos.

O programa oferece a esse público oportunidade de viajar e usufruir dos benefícios da atividade turística a um custo menor e com condições mais vantajosas, o que também contribui para fortalecer a economia turística no Brasil e a combater a sazonalidade no setor.

Visite: www.revistaecotour.com.br

Fonte: Gustavo Henrique Braga

  
  

Publicado por em