Porto Alegre terá cais transformado em Complexo Turístico

Reencontro com o Guaíba: vence etapa decisiva o projeto que vai transformar o Cais Mauá em complexo de lazer e negócios

  
  
Projeção de como ficará o Cais Mauá

O projeto de revitalização do Cais Mauá vence etapa decisiva e o resgate de uma das áreas mais nobres de Porto Alegre fica mais próximo de se tornar realidade. Nesta semana o governo do Estado oficializou a transferência da área ao consórcio responsável pela tão esperada obra de modernização do Cais Mauá. Durante a solenidade, que ocorreu nos Armazéns do Cais, o prefeito José Fortunati entregou aos empresários a primeira etapa do Estudo de Viabilidade Urbanística (EVU) do projeto.

De acordo com o prefeito, o EVU é fundamental para os empresários, pois relaciona as diretrizes que devem integrar o Estudo de Impacto Ambiental e respectivo Relatório de Impacto Ambiental (EIA/Rima) dos projetos dos empreendimentos. A partir da entrega do termo de referência a empresa estará apta a desenvolver os estudos de impacto ambiental e os projetos executivos.

O prefeito destacou que o EIA-Rima passará pela análise dos técnicos da prefeitura que integram a Comissão de Análise Urbanística e Gerenciamento (Cauge) e, após aceito, será apresentado à comunidade numa audiência pública. Na etapa seguinte, o EVU será analisado pela Cauge e pelo CMDUA. A última fase constará da aprovação dos projetos arquitetônicos e executivos necessários. "As equipes do município estão mobilizadas para realizar as avaliações com celeridade, dentro dos critérios técnicos necessários a um empreendimento de grande porte, disse Fortunati.

José Fortunati parabenizou a união de esforços dos governos municipal e estadual para viabilizar projetos que colocam a Capital dos gaúchos em outro patamar de desenvolvimento, lembrando também a conquista do Metro. Fortunati ponderou que a revitalização do Cais Mauá soma-se às iniciativas da prefeitura de qualificação do Centro Histórico, elevando o patamar de desenvolvimento econômico e do turismo da cidade. "A cidade de Porto Alegre vai entrar para a história. Estamos operando uma transformação fantástica na cidade, um espaço nobre para a cultura, gastronomia e turismo".

"Hoje é um grande dia para nós, temos uma grande responsabilidade, e estamos convencidos de que vamos superar qualquer dificuldade", disse o presidente da empresa Porto Cais Mauá do Brasil, José Munné. O governador Tarso Genro ressaltou o trabalho para viabilizar o processo contratual, mas valorizou os investimentos que serão realizados no espaço, tornando o Cais um ponto de referência para o Brasil e o Mundo. Também participaram do encontro os arquitetos Fermín Vasquez e Jaime Lerner.

O projeto compreende trecho de aproximadamente 2,5 quilômetros, da Rodoviária à Usina do Gasômetro. O plano prevê a construção de prédios comerciais e misto e a recuperação dos armazéns para o funcionamento de bares, restaurantes, lojas e estabelecimentos culturais. A empresa responsável pelo empreendimento estima a geração de 9 mil empregos diretos e indiretos na operação. As obras estão previstas para começar no primeiro semestre de 2012, com a entrega dos armazéns revitalizados já em 2014.

Histórico - Os documentos foram entregues pelos empreendedores para tramitação no município em 12 de setembro e, em 11 de outubro, a Comissão de Análise Urbanística e Gerenciamento (Cauge) da prefeitura aprovou o termo de referência do empreendimento, cumprindo o prazo determinado pelo prefeito José Fortunati. Após avaliação do Conselho Municipal de Desenvolvimento Urbano Ambiental (CMDUA) e das secretarias de Meio Ambiente e de Obras, o município entregou aos empreendedores o termo de referência homologado pelo prefeito, que representa a primeira parte do EVU.

Fonte: Prefeitura de Porto Alegre

  
  

Publicado por em

André Zenkner

André Zenkner

27/01/2012 21:15:51
Fantastico! Isto é o Rio Grande do Sul!