Capital catarinense conhece o perfil do turista de eventos

O Florianópolis Convention & Visitors Bureau lançou a pesquisa FGV - Perfil do Turista de Eventos

  
  

Em 2010, a capital catarinense recebeu 25 eventos, que geraram a visita de 42 mil turistas brasileiros e estrangeiros. Ainda no ano passado, 64,3% dos turistas de eventos eram do sexo masculino e 35,7% do feminino; a maioria era constituída por pessoas casadas (66,20%), na faixa etária entre 35 e 54 anos (63,1%). Os que trabalham na iniciativa privada e tinham curso superior representaram 47,30%. Os dados foram divulgados ontem, dia 16, pelo Florianópolis Convention & Visitors Bureau (FC&VB), que fez o levantamento em parceria com o Núcleo de Turismo da Fundação Getúlio Vargas (FGV) de São Paulo.

Para o diretor de Produtos e Destinos da Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo), Marco Lomanto, o turista de eventos é reconhecido por ter a intenção de voltar. “Uma vez que retorna ao seu país de origem, se torna um grande formador de opinião e fator multiplicador da divulgação do Brasil.”

Para Lomanto, outra característica do turista de eventos é que ele, em geral, tende a estender sua estadia. “Isso gera mais divisas para o local visitado” completa, enquanto destaca como pontos característicos no perfil desse visitante seu alto poder aquisitivo e o nível elevado de instrução.

A cidade de Florianópolis ficou em 4º lugar, em 2009, no ranking da International Congress and Convention Association (Icca), com 13 eventos. Segundo os organizadores, a FC&VB pode, a partir de agora, monitorar e dinamizar a logística do setor e, principalmente, instrumentalizar o trade turístico. A pesquisa completa pode ser acessada no website www.florianopoliscvb.com.br

Fonte: MTur

  
  

Publicado por em