Chegou a hora do turismo, afirma ministro

Foram criadas áreas especiais de interesse turístico para impulsionar o desenvolvimento econômico no Brasil.

  
  

O ministro do Turismo, Henrique Eduardo Alves, defendeu a entrada do setor de viagens em definitivo na pauta estratégica do país. Ele destacou a importância da isenção de vistos no ano olímpico e da criação de áreas especiais de interesse turístico para impulsionar o desenvolvimento econômico no Brasil.

"Não haverá outro momento melhor para mostrar o Brasil ao mundo. Chegou a hora do turismo. Temos uma oportunidade única de provar que somos muito maior que este momento que estamos vivendo", afirmou Henrique Eduardo Alves. Ele citou o exemplo de Cancun para mostrar o impacto que políticas públicas podem gerar no turismo.

"Há cerca de 40 anos, a região de Cancun era abandonada. Hoje, em 22 quilômetros, a cidade gera US$ 11,6 bilhões para a economia mexicana. Imaginem quantas Cancuns poderíamos ter no Brasil", comentou Henrique Eduardo Alves.

Ele destacou que o ministro da Fazenda, Joaquim Levy, apontou recentemente o turismo como um dos agentes óbvios para o Brasil criar fontes de crescimento nos próximos anos junto com a substituição das importações.

"Para conseguirmos desenvolver todo o nosso potencial, precisamos entrar em definitivo na agenda estratégica do governo e apostar em parcerias com a iniciativa privada de forma transparente, republicana e correta", afirmou o ministro do Turismo. Também participaram do Fórum da Exame na capital carioca o prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes e o publicitário Nizan Guanaes.

Visite: www.revistaecotour.tur.br

Fonte: MTur / Darse Júnior

  
  

Publicado por em