Chile e Paraguai conhecem mais o Brasil

Ação da Embratur pretende promover diversidade brasileira para atrair mais turistas estrangeiros

  
  

Nesta semana, o Instituto Brasileiro de Turismo (Embratur) realiza mais duas ações para promover o Brasil no Chile e Paraguai. O Brasil estará na Feria Internacional del Turismo y los Viajes (VYVA 2011), em Santiago, no Chile, que começou dia 04 e vai até 6 de novembro. A feira é um evento de relevância para ao mercado e tem como um dos organizadores a Associação Chilena de Empresas de Turismo (Achet), entidade de grande representatividade no mercado local.

O evento, do qual a Embratur participa pela segunda vez, possibilita aos expositores realizar novos negócios e estabelecer relações comerciais. A programação do evento engloba atividades paralelas à exposição, como conferências e rodadas de negócios para profissionais e ações para o público final.

Já entre 5 e 6 de novembro, a Embratur participa da Feria Internacional de Turismo Del Paraguay (Fitpar), que acontece em Assunção, no Paraguai. Segundo os organizadores, o evento se tornou uma ferramenta eficaz para promoção de bens e serviços internacionais ligados ao turismo. Após sete edições, transformou-se em uma importante feira internacional de turismo no Paraguai, contribuindo de forma oportuna para as empresas que buscam obter um bom posicionamento no mercado.

Mais estrangeiros no verão – As atividades fazem parte do esforço do instituto para que o país tenha o melhor verão da história em números de turistas estrangeiros. Estudo da Organização Mundial do Turismo (OMT) mostra que cerca de 80% das viagens de turistas no mundo são dentro do mesmo continente.

“O Brasil não segue essa tendência mundial, tendo entre os sul-americanos menos da metade dos turistas que recebe. Queremos continuar recebendo mais turistas europeus, americanos entre outros, mas aumentar progressivamente a presença de países vizinhos em destinos brasileiros”, disse o presidente da Embratur, Flávio Dino.

Perfil dos mercados – Chile e Paraguai estão entre os principais emissores de turistas estrangeiros para o Brasil. Em 2010, ocuparam a 6ª e 8ª posição, e enviaram 200.724 e 194.340 visitantes, respectivamente. Segundo o Estudo da Demanda Turística, realizada pelo Ministério do Turismo, 56,3% dos turistas chilenos que visitaram o país em 2010 foram motivados por Lazer, desses, 71,1% buscaram Sol e Praia e 17,4%, Natureza, Ecoturismo ou Aventura. Segundo o estudo, a permanência média foi de 8,6 dias, e gastaram, em média, US$ 69,00 por dia. Os destinos mais procurados foram Rio de Janeiro (RJ), Armação dos Búzios (RJ), Balneário Camboriú (SC), Florianópolis (SC) e Foz do Iguaçu (PR).

Sobre os turistas do Paraguai, a pesquisa revela que 42,3% dos paraguaios também buscam o Brasil por motivo de Lazer, e Sol & Praia continua sendo o principal interesse, chegando a 73,2%. Quando ao item “permanência média”, os visitantes do Paraguai ficam por aqui 9,2 dias, e gastam diariamente US$ 66. Entre os cartões-postais mais visitados, estão Balneário Camboriú (SC), Florianópolis (SC), Foz do Iguaçu (PR), Rio de Janeiro (RJ) e Matinhos (PR).

Fonte: MTur

  
  

Publicado por em