Complexo do Alemão terá a 1ª Agência de Turismo Receptivo

Será na Estação do Adeus que terá além do receptivo, a qualificação dos empreendedores locais para a formalização das atividades turísticas. Ao total seis roteiros turísticos foram traçados para o Complexo do Alemão

  
  
Seis roteiros turísticos foram traçados para o Complexo do Alemão

O Complexo do Alemão receberá nos próximos 90 dias a 1ª Agência de Turismo Receptivo. Será na Estação do Adeus que terá além do receptivo, a qualificação dos empreendedores locais para a formalização das atividades turísticas e promoção do equipamento teleférico.

O anúncio foi feito pelo secretário de estado de Turismo, Ronald Ázaro, que esteve no local acompanhado de técnicos da SETUR e do SEBRAE em mais uma visita de avaliação das potencialidades do Complexo.

A SETUR, em parceria com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE-RJ), fez um levantamento sobre as potencialidades turísticas da comunidade, mapeando os atrativos que existem na área. Vamos capacitar moradores e pequenos empresários em cursos de turismo receptivo e oficinas de gestão de negócios e ajudá-los a criar agências de turismo cooperativadas, disse Ronald Ázaro.

Segundo o Secretário, através do turismo, poderemos integrar os moradores da comunidade com a população da cidade, tirando os comerciantes da informalidade, gerando empregos e renda para as pessoas envolvidas.

Seis roteiros turísticos foram traçados para o Complexo do Alemão:

1 – Alemão com Igreja da Penha: teleférico, pequena caminhada, compras, visita a atrativo cultural e religioso. O tempo estimado de duração do roteiro é de quatro horas.

2 – Alemão Mega: teleférico, pequena caminhada, compras, visita a atrativos culturais e artificiais. A duração do roteiro será de 2h30.

3 – Alemão Top: os turistas conhecerão o teleférico, farão pequena caminhada, irão às compras e conhecerão atrativos culturais como o Casarão Cultural e a Praça do Conhecimento na Nova Brasília, onde está instalado um moderno cinema 3D. A duração será de 3 horas.

4 – Alemão Total: além de conhecerem o teleférico, os turistas farão pequena caminhada, compras, visitarão atrativos culturais, como a Igreja da Penha ou apresentação dos projetos sociais do Afro Reggae. A vista terá a duração de 3h30.

5 – Alemão e Serra da Misericórdia: teleférico, caminhada e visita a atrativos culturais e ecoturismo. A caminhada será forte em direção à Pedra do Sapo, na Serra da Misericórdia – seguindo no topo da serra até a Pedra da Paz. A visita terá duração de 4h.

6 – Alemão Clássico: neste roteiro, os turistas poderão caminhar, conhecer o teleférico, fazer compras e visitar um atrativo cultural. Com tempo estimado em 3 horas, os visitantes poderão caminhar da Estação Alvorada até a Praça do Conhecimento, além de explanação dos atrativos da cidade do Rio de Janeiro no entorno do Complexo. O tempo estimado para este roteiro é de 3 horas.

Ao encerrar a visita no Complexo do Alemão, o secretário Ronald Ázaro disse que estão sendo feitos levantamentos sobre as potencialidades turísticas das comunidades pacificadas da Babilônia/Chapéu Mangueira e que, em seguida, será a vez de Cantagalo/Pavão-Pavãozinho. Essas comunidades receberão as ATURs – Agência de Turismo Receptivo, finalizou.

Fonte: TurisRio

  
  

Publicado por em

Isaias Quintanilha

Isaias Quintanilha

11/05/2012 16:02:15
SENSACIONAL! Já estou me programando para a VISITA.
Quero participar desta OUTRA MARAVILHA do Rio.