Conheça 10 passeios inusitados em São Paulo

Para evitar o circuito turístico tradicional, confira 10 opções de roteiros para conhecer São Paulo e se surpreender

  
  
Capela do Cristo operário tem ornamentos modernistas

Para evitar o circuito turístico tradicional, confira 10 opções de roteiros para conhecer São Paulo e se surpreender.

Área de Proteção Ambiental
Com Mata Atlântica intocada, passeios de escuna, cachoeiras, trilhas ecológicas e pousadas rurais, visitar uma Área de Proteção Ambiental, APA, é uma maneira de escapar da correria cosmopolita de São Paulo. Na APA Capivari-Monos, localizada no extremo sul da capital, é possível observar animais e plantas nativas além de visitar as aldeias indígenas Tenondé, Porã e Krukutu. Também localizada no sul de São Paulo, é possível chegar à APA Bororé-Colônia de carro, metrô e trem combinados com ônibus. Lá, além da beleza natural, é possível conhecer a Asé Ylê do Hozoouane, sociedade beneficente afro-brasileira que tem, em seu espaço, ambientes dedicados aos Orixás, samba de roda e capoeira.

Cemitérios
O Cemitério da Consolação é o mais antigo de São Paulo e possui esculturas feitas entre os séculos XIX e XX. A obra de maior destaque se chama “É o Sepultamento”, e foi premiada em 1923 pelo Salão de Outono de Paris. Tarsila do Amaral e a marquesa de Santos também estão enterradas lá. Outra opção para apreciar arte tumular é o Cemitério do Araçá, localizado na região das Clínicas, entre os bairros Pacaembu e Pinheiros. Inaugurado em 1887, os mausoléus, fortemente ornados com esculturas de influência cristã, são principalmente de tradicionais famílias da antiga elite cafeeira.

Museus Curiosos
Com peças como óculos para pingar colírio, palitos de dente com sabor e piano dobrável, o Museu Contemporâneo das Invenções, também conhecido como Inventolândia, preza pela criatividade. Localizado em Perdizes, é possível visitá-lo pagando R$ 10.

O Museu da Voz tem mais de 3.500 itens e só é possível visitá-lo aos sábados, na Praça Benedito Calixto, zona Oeste de São Paulo.Idealizado pelo jornalista aposentado Luiz Ernesto Kawall, dono das peças em exposição, é possível ter acesso a discos de vinil, fitas cassetes, CDs e DVDs com músicas antigas, declamações de poemas e gravações do canto dos pássaros.

Com mais de 500 peças, o Espaço Perfume Arte + História apresenta os quase cinco mil anos da história do perfume, sua relação com a moda e curiosidades sobre sua produção. Gratuito, o museu faz parte da Faculdade Santa Marcelina.

Instituto Tomie Ohtake
Com de preservar o trabalho da artista plástica Tomie Ohtake, que completaria 100 anos em 2013 e está sendo homenageada com diversas exposições, o instituto que carrega o nome da artista é o lugar é ideal para quem quer apreciar novas tendências da arte contemporânea nacional e internacional. Inaugurado em novembro de 2001, o centro cultural ocupa uma área total de 7.500m2 e conta com sete salas, quatro ateliês, espaço para seminários, área de documentação e um Grande Hall.

Ceagesp
As cores e cheiros prometem uma experiência sensorial única. As terças e sextas há a Feira das Flores, das 5h às 10h30, além do preço mais em conta, é possível encontrar uma vasta variedade de orquídeas, plantas e mudinhas. As quartas-feiras acontecem o "Varejão”, das 15h às 10h30 e, juntamente com a feira, é possível apreciar pratos de diversas culinárias, como a japonesa e italiana. A visita a Ceagesp pode ser individual ou então em grupos de 15 a 30 pessoas, informações podem ser obtidas através do email visitas@ceagesp.gov.br.

As cores e cheiros prometem uma experiência sensorial única no Ceagesp

Artesanato
Presentes em vários cantos da cidade, as feiras de arte, artesanato e antiguidades aparecem nos finais de semana e atraem milhares de visitantes de fora e dentro de São Paulo. Na Liberdade, além de roupas, artigos de decoração, brinquedos e comida japonesa, o público pode conferir no reduto da cultura oriental objetos de artesanato, costura e porcelana.

Outra feira especializada em produtos feitos artesanalmente, a Feira da República expõe aos sábados e domingos desde selos, quadros, camisas, artesanatos até moedas, bijuterias e esculturas.

Em frente ao vão do Masp, a Feira de Antiguidades chama a atenção de quem passa na av. Paulista com livros, pinturas, pedras preciosas, pratarias e objetos do século passado. Também focada em atiguidades, a feira realizada na Praça Benedito Calixto oferece além do sarau aos sábados, reliquías e antiguidades, como relógios, mobílias, porcelanas e vitrolas.

Passeio de helicóptero
Com até uma hora de duração os passeios de helicóptero pela capital paulista são opção para quem quer ver a cidade por outro ângulo. A empresa Andanças Tur, por exemplo, oferece um roteiro que decola do Campo de Marte, na zona Norte, e sobrevoa a Estação da Luz, Terraço Itália, Praça da República, Catedral da Sé, Pátio do Colégio, Teatro Municipal, Museu do Ipiranga, Avenida Paulista, Masp, Parque do Ibirapuera, Autódromo de Interlagos, Ponte Estaiada, Estádio do Morumbi, Memorial da América Latina e Sambódromo do Anhembi. A VoeSP oferece roteiros que sobrevoam o Zoológico, Simba Safári e a Represa Billings. É possível passeios com até quatro passageiros e os pacotes custam de R$ 900 a R$ 3.500.

Capela do Cristo Operário
Escondida sob as árvores da Rua Vergueiro, 7290, a Capela do Cristo Operário guarda segredos modernistas. Com quatro vitrais pintados por Alfredo Volpi e pia batismal projetada por Elisabeth Nobiling, a capela, erguida na década de 50, abre as portas para o público somente nas missas de sábado, às 19h e domingo, às 8h30.

Bolsa de Valores
Dá para conhecer a BM&BOVESPA com visitas guiadas e gratuitas. Com o objetivo de mostrar como a Bolsa funciona na prática, o passeio é rico em informações sobre o mercado de ações. Com atrações como cinema 3D e Mesa de Operações, as visitas podem ser feitas individualmente ou em grupos de 20 a 60 pessoas, e acontecem de segunda a sábado das 10h às 17h.

Dá para conhecer a BM&BOVESPA com visitas guiadas e gratuitas

Casa Guilherme de Almeida
Jornalista, tradutor, poeta e ensaísta, Guilherme de Almeida participou da Semana de Arte Moderna de 1922, desenhou, ao lado de José Washt Rodrigues, o brasão da cidade de São Paulo e lutou na Revolução Constitucionalista de 1932. A casa onde ele morou na Rua Macapá, 187, hoje abriga o acervo completo do escritor. É possível ver 520 obras de arte, mais de cinco mil itens, entre cartas, periódicos e fotografias, além de cerca de seis mil volumes de livros, entre eles as primeiras edições autografadas de Oswald de Andrade e Manuel Bandeira.

Serviço:

APAS
Capivari-Momo: Como chegar: de carro, o principal acesso é a Avenida Sadamu Inoue. A partir do centro de Parelheiros pode-se acessar a APA via Estrada de Engenheiro Marsilac, até o bairro de Engenheiro Marsilac, ou via Estrada da Colônia, até a Estrada da Barragem. Outros acessos possíveis são via Embu Guaçu, pelo distrito de Cipó e por São Bernardo do Campo, e pela Estrada do Rio Acima, uma via de terra muito utilizada que interliga a região da Barragem com o km 37 da rodovia dos Imigrantes.

Boboré-Colônia: Como chegar: de carro: Seguir na direção centro-bairro da Av. 23 de maio em direção à Av. Interlagos. Continuar pela Av. Senador Teotônio Vilela. A partir desse ponto existem duas opções, uma é virar à esquerda na Av. Dona Belmira Marin e continuar nela até chegar à primeira balsa da Ilha do Bororé e acessar a APA pela região do Bororé. A outra opção para chegar à APA é continuar pela Av. Senador Teotônio Vilela, seguir pela Av. Sadamu Inoue, no fim da mesma deve-se virar à esquerda na Estrada de Colônia e seguir até o Terminal Parelheiros, por onde se acessa a APA via o bairro de Colônia. Metrô/ônibus: Na Estação Vila Mariana do metrô, pegar o ônibus Terminal Parelheiros para acessar a APA via o bairro de Colônia. Para chegar à APA via o Bairro do Bororé, descer na estação de trem Grajaú e pegar o ônibus Ilha do Bororé (6L11-10) até a Primeira Balsa. Trem/ônibus: Trem até a Estação Grajaú, e depois há duas opções, uma pegando o ônibus Ilha do Borore (6L11-10) e descer na primeira balsa. A segunda opção é andar da estação de trem Grajaú até a Av. Senador Teotônio Vilela, 5402 e pegar o ônibus Terminal Parelheiros (6000-10).
Tel.: (11) 5925-1835 ou 5925-2736

Cemitério da Consolação
Dias de visitação guiada: terças e sextas.
Horário das visitas monitoras: das 9h às 14h.
Horário de funcionamento: de segunda a domingo das 7h às 18h.
End.: Rua da Consolação, 1660 – Consolação.
Grátis.
Tel.: (11) 3256-5919.

Cemitério do Araçá
Horário de funcionamento: das 8h às 18h.
End.: Avenida Doutor Arnaldo, 666 – Cerqueira César.
Grátis.
Tel.: 3256-6486.

Museu Contemporâneo das Invenções (Inventolândia)
Horário de funcionamento: de segunda a sexta das 10h às 17h.
End.: Rua Doutor Homem de Mello, 1109 – Perdizes.
Preço: R$ 10.
Tel.: (11) 3873-3211.
www.museudasinvencoes.com.br

Museu da Voz
Horário de funcionamento: sábados das 9h às 19h.
End.: Praça Benedito Calixto, s/nº - Pinheiros.
Grátis.
Tel.: (11) 5181-2259.

Espaço Perfume Arte + História
Horário de funcionamento: terça, quarta, sexta e sábado das 10h às 18h. Quintas das 10h às 20h e domingos das 12h às 18h.
End.: Rua Doutor Emilio Ribas, 110 – Perdizes.
Grátis.
Tel.: (11) 2361-7728.

Instituto Tomie Ohtake
Horário de funcionamento: terça a domingo das 11 às 20h.
End.: Rua dos Coropés, 88 - Pinheiros.
Preço: Varia conforme a programação.
Tel.: (11) 2245-1900.
www.institutotomieohtake.org.br

Ceagesp
Horário de funcionamento: Varia conforme a feira.
End.: Av. Dr. Gastão Vidigal, 1946 – Vila Leopoldina.
Grátis.
Tel.: (11) 3643-3700
www.ceagesp.gov.br

Passeio de Helicóptero
Andanças Viagem e Turismo
Horário dos voos: todos os dias das 8h às 20h.
End.: Rua Anny, 803 – São João Clímaco.
Tel.: (11) 2945-8828
www.andancastur.com.br

VoeSP
End.: Av. Olavo Fontoura, 1078 – Santana.
Tel.: (11) 2376-2999.
www.voesp.com

Capela do Cristo Operário
Horário de funcionamento: sábados a partir das 19h e domingos a partir das 8h30.
End.: Rua Vergueiro, 7290 – Liberdade.
Grátis.
Tel.: (11) 5062-5520.

Bolsa de Valores
Horário das visitas: de segunda a sábado das 10 às 17h.
End.: Praça Antônio Prado, 48 – Sé.
Grátis.
Tel.: (11) 2565-6826.
www.bmfbovespa.com.br

Casa Guilherme de Almeida
Horário de funcionamento: terça a domingo das 10h às 18h.
End.: Rua Macapá, 187 – Perdizes.
Preço: Varia conforme a programação.
Tel.: (11) 3672-1391.
www.casaguilhermedealmeida.org.br

Fonte: Governo de São Paulo

  
  

Publicado por em