Conheça Itu, a cidade dos superlativos

Apesar de ser um município relativamente pequeno, a cidade Itu é famosa no estado de São Paulo por conta dos exageros, como os orelhões gigantes

  
  
Além da fama de coisas exageradas, Itu exibe aos seus visitantes diversas edificações que seguem o conjuntos arquitetônico do século 19

Apesar de ser um município relativamente pequeno e com baixa densidade populacional, a cidade Itu é famosa no estado de São Paulo por conta de lá tudo ser supostamente exagerado, como o orelhão e o semáforo gigantes que ficam na praça Padre Miguel, encravada na parte central da cidade, talvez o principal ponto turístico e referência de Itu. Mas por que razão a cidade levou tal fama?

Um comediante foi o responsável direto por esse exagero todo: o ituano Francisco Flaviano de Almeida, mais conhecido como Simplício. Formado no circo, Simplício fez parte de uma trupe itinerante e acabou por conhecer o ator Manuel da Nóbrega, nos anos 60. Participou de diversos programas em emissoras na capital paulista, como o antológico "Praça da Alegria", pioneiro no humor televisivo no Brasil, exibido na TV Tupi. Simplício interpretava um personagem caricato, e seu mote era que tudo o que vinha de Itu era descomunal e exagerado. O humorista caiu nas graças do público, e a cidade de tabela ganhou a fama e adotou-a como seu mote turístico.

Entretanto, Itu já era uma cidade conhecida por conta de sua importante participação em determinado período histórico. A participação de Itu na política ocorreu data da época da criação da Magna Convenção do Partido Republicano, em 1873, deflagrado por conta de desentendimentos entre os políticos e os fazendeiros ituanos acerca do preço do açúcar, o que acabou precipitando o movimento republicano no país. O desenvolvimento econômico deu-lhe a condição de maior produtora de cana de açúcar durante o período Imperial, sendo depois substituído gradativamente pelo café, que foi a atividade base do município até 1935, estimulando a vinda de imigrantes, em especial, italianos.

No Parque do Varvito, em Itu, há rochas com evidências de mais de 280 milhões de anos

Passeios para a família
Um lugar bastante interessante pra ser visitado hoje em Itu é o Parque do Varvito (uma espécie de rocha), um monumento geológico tombado pelo CONDEPHAAT (Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico). Construído onde no passado funcionava a Pedreira Itu, de onde eram extraídas lajes utilizadas para pavimentação de edifícios e calçadas da cidade, desde pelo menos o começo do século 18.

No centro histórico da cidade, dê uma passada pela praça da Independência, cercada por sobrados e casarões antigos de grande valor histórico-arquitetônico, com destaque para a fonte que recebeu um projeto de iluminação especial. A já citada praça São Miguel, com seu orelhão, semáforo e lojas com artigos tamanho família, é parada obrigatória.

Outro ponto turístico interessante é a Chácara do Rosário, localizada há apenas 1,5 km da cidade, por conta de sua arquitetura típica bandeirante que mantém via a memória da época em que foi uma das maiores produtoras de açúcar da província. A região também possui inúmeras fazendas e pesqueiros, lugares para espairecer e relaxar nos finais de semana.

Fonte: Governo de São Paulo

  
  

Publicado por em