Crescimento do turismo online faz redes hoteleiras investirem no setor

Você realizou compras de viagens ou hospedagem este ano via internet no Brasil? Se sim, você fez parte dos mais de 23 milhões de pessoas que compraram pacotes turísticos online

  
  
O Turismo Online cresceu 77% em relação ao ano anterior

Você realizou compras de viagens ou hospedagem este ano via internet no Brasil? Se sim, você fez parte dos mais de 23,6 milhões de pessoas que, até junho deste ano, compraram pacotes turísticos online. O crescimento representa 77% se comparado com o mesmo período em 2009, segundo o Ibope Nielsen Online. Foi o maior crescimento entre as categorias medidas pelo instituto.

Mesmo diante de tais resultados, para o presidente mundial da Hoteis.com, serviço de reservas de hotéis do conglomerado de turismo online Expedia, David Roche, em visita ao país em junho deste ano, o comércio eletrônico de pacotes online não irá atingir a maturidade em pelo menos sete ou oito anos. "No Brasil, cartões de crédito não são tão populares como nos EUA. A internet não foi inventada aqui, então as pessoas ainda estão aprendendo a confiar", explica Roche. Segundo ele, nos próximos dois anos o Brasil terá receita além dos US$ 1 bilhão, o que torna a operação nacional uma das cinco mais lucrativas do mundo, entre os 75 países onde a Hoteis.com atua.

Neste contexto, redes hoteleiras atentam à expansão do e-commerce investem no setor, buscando garantir uma vantagem competitiva no futuro, ao passo em que já começam a ter resultados positivos no presente.

“Na internet pode ser fácil vender uma vez, mas manter um crescimento sustentado, como temos feito, só é possível se você entrega algo que corresponda à expectativa criada”, pontua o gerente de vendas e marketing da GJP Hotéis, Thomas Hartmann.

Fonte: GJP Hotéis & Resorts

  
  

Publicado por em