Destino de bem-estar é responsável por 15,5% do turismo

O turista que procura esses destinos quer sentir a natureza, experimentando sensações únicas, que não estão presentes no seu cotidiano

  
  

Estudo do Sebrae em Minas Gerais para identificar novos consumidores para o polo turístico da região das Águas, no Sul de Minas Gerais, mostrou que turistas dos grandes centros urbanos querem usufruir de serviços gastronômicos, de lazer, saúde e beleza, desfrutando da convivência com a comunidade e a natureza.

Dados da Embratur e do Ministério do Turismo mostram que os destinos de saúde, bem-estar e natureza são responsáveis por 15,5% do turismo nacional. O estudo revela que esse mercado cresceu 10% nos últimos cinco anos.

Segundo a analista do Sebrae em Minas Gerais, Nayara Montandon, a região das Águas pode absorver boa parte dessa demanda e até contribuir para o crescimento desta modalidade de turismo no Brasil.

"O turista que procura esses destinos quer sentir a natureza, experimentando sensações únicas, que não estão presentes no seu cotidiano", afirma.

O Sebrae em Minas Gerais realiza há três anos o projeto Foco Competitivo no arranjo produtivo local (APL) da região das Águas. O objetivo é aumentar o número de visitantes aos destinos turísticos, por meio de melhorias na comunicação, no desenvolvimento de produtos inovadores, na modernização de hospedagens e capacitação de profissionais.

Segundo Carlos Tarrasón, especialista em desenvolvimento de APL e diretor da Cluster Consulting, contratado pelo Sebrae em Minas Gerais para realizar o estudo, "alguns fatores culturais, como a percepção de que a vida urbana é estressante, que a natureza é regeneradora e que o lazer e o bem-estar são necessidades do individuo pós-moderno favorecem a expansão e a valorização desta modalidade de turismo no país".

Tarrasón afirma que as micro e pequenas empresas do APL têm uma grande oportunidade de se posicionar como geradoras dessas experiências para conquistar o consumidor, já que as viagens de turismo interno no Brasil estão crescendo.

Fonte: Sebrae

Visite: www.revistaecotour.com.br

  
  

Publicado por em